6 de novembro de 2013

QUANDO OS CRIATIVOS FICAM REATIVOS

Não há coisa à face da Terra que o Tio Dolce preze mais do que a arte. A arte, a criatividade e a beleza! Ah, e os artistas, claro - sobretudo quando são jovens do sexo masculino, enxutos e cheeeeeeeios de sonhos. Um jovem artista é, como sabem, um poço de certezas e verdades a girar loucamente em torno do próprio umbigo. O Tio Dolce adora dar-lhes razão e fazer-lhes festinhas no ego! Por isso compra tanta arte de principiantes e artistas wannabe. Ele próprio, no fundo, é um artista que não chegou a sê-lo, mas a alma, o rasgo e o fogo estão lá - e clamam por mais e mais arte neste mundo tecnocrático e materialista! A Bichana, menos emocional, também adooooora o mundo dos artistas, ou não fosse ela uma atriz licenciada (se bem que, hélas, adiada), tendo já até posado despida para pintores e estudantes de belas-artes. Enfim, "arte" é o nosso middle name, so to speak.

Por isso ficamos tããããããão tristes ao saber de casos de artistas incompreendidos ou, pior ainda, perseguidos! Safa, isso é que não! Se o D&B servir como plataforma para os artistas que choram, começamos já aqui, hoje, a dar-lhes voz. E não é que encontrámos o Vasco Santana e a costureirinha Beatriz Costa, muito melindrados, a fazer queixinhas lá no corner criativo deles?


Céus, mas que alminha torturada pode ter dito tal coisa? De que inferno saiu ela? De que lameiro, lodaçal, pântano infecto?... Ainda por cima, com críticas TÃO infundadas! "Fazerem sempre a mesma coisa"? Disparate! Vocês fazem sempre coisas diferentes: às vezes o círculo da fotografia do blogger vem à esquerda, outras à direita! E os corações? Às vezes aparecem no título da mensagem, outras no footer. Quanto ao fundo, às vezes é branco, outras é branco! E o Favicon? Oh, quando não é um coração (99% das vezes), é às vezes uma coroa, outras uma estrelinha! Que tolice de crítica, tão pateta!


Olhem, nós também! Aliás, ainda estamos com ela aberta, numa expressão nada elegante, tal o choque de ver que ALGUÉM se atreveu a pôr-vos em causa, neste universo de bovino seguidismo que é a nossa adorada blogosfera!

Deu-lhes vontade (não "a vontade", seus queridos!) de comentar e argumentar? Muito bem, porque não o fizeram? Essa é sempre a melhor forma de fazermos valer o que defendemos, sabem? Calar, nunca!

Oh, afinal vocês também são críticos? A sério? Ah. Mas "maus e cruéis" é que não. Pois. São críticos meigos e fofinhos, certo? Que maus que são os maus, na verdade. Mais que maus, são... péssimos! E a coberto do anonimato, ainda por cima. Tss, tss. Ser mau às escondidas é muito feio. O Tio Dolce até se lembra logo daquele arquétipo pimba, a Dora, que cantava, nos idos de oitenta, "Não sejas mau pra mim"! 

"Questionar tudo e mais alguma coisa"? Ora essa! Então porquê? Não nos digam que se puseram a questionar a vossa vida amorosa, familiar, política e religiosa só por causa de um simples aparte de uma "alminha qualquer, anónima claro"! Francamente.

Oh, a sério que há "quem tenha optado por eliminar a caixa de comentários do blog"? Quem seria?... (A Bichana está ali a piscar o olho... Mistério!) Já nós, oh, ADORAMOS ter a caixa de comentários aberta! É claro que já considerámos mudar o nome deste blog para "Il Paradiso degli Anonimi", mas enfim, por agora perseveramos alegremente. 

Ai é, a sério? Quem diria que podíamos fazer isso? Moderar os comentários, humm... Sim senhor, que pedaço de sabedoria! Já percebemos porque é que as pessoas recorrem aos vossos serviços de experts! Mas... esperem lá! Então as "pessoas que querem realmente trocar ideias com vocês" escrevem um comentário e vocês o que fazem é "ler e ELIMINAR"? Ora essa! Grande troca de ideias, sim senhor! Isso quase parece a liberdade de expressão no Irão dos ayatollahs! Assim, muito obrigado, é fácil lidar com críticas!


Finalmente estamos de acordo! O nosso blog é o nosso espaço e nós decidimos as regras. Muito bem, como é que conseguiram perceber isso? Permitam-nos apenas uma ligeira correção: "Quem não gosta é livre de"... o dizer - nem que seja noutro lado, seus amorosos! Quem não gosta é livre de contestar, refilar, contrapor. É livre de questionar, desafiar, discordar. Quem não gosta é livre de se DIVERTIR e GOZAR com isso! E vocês, de gozarem em troca, claro está. Viva a liberdade, suas jóias!

Ah, e contem connosco: vamos ser os vossos próximos clientes. Yeeeaaah! Também temos direito a ter uma chapola circular ali em cima, no meio do header, que diabo! E uns sarrabiscos feitos à mão, claro. Só estamos em dúvida é se encomendamos a obra a vocês, se à concorrência...

Sempre vossos,
Dolce e Bichana

92 comentários:

  1. insulto para os designers??
    como se os designers a serio se dedicassem a fazer corações para bloggers semi conhecidas e desconhecidas.
    eles esquecem que se calhar quem comentou é designer também
    mas hoje em dia qualquer um é designer fotografo e afins

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nem mais. Sanda ao poder!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

      Eliminar
    2. Errado. Os We Blog You têm feito o design dos maiores blogs da praça: o Às Nove, o da Cacomãe, o da Princesa, etc etc

      Eliminar
    3. Por isso é que andam todos parecidos....

      Eliminar
    4. E desde quando é que o blog da Cacomãe e o da pindérica Princesa são "dos maiores blogs da praça"?!!!!! O outro ainda vá....

      Eliminar
    5. "O outro" era infinitamente mais agradável com o design anterior, que era julgo eu feito pela própria blogger. E era dinâmico - ela ia mudando as fotografias do header conforme as épocas e os estados de espírito. Agora não se percebe aquilo tudo em preto. Como podem chamar-lhe "the sunny side of life"? Para mim o subtítulo devia ser "The gloomy side of life"...

      Eliminar
    6. não conheço esse do cacomãe só a coco :P

      Eliminar
  2. Não resisti e deixei o comentário: "Mas vocês têm que idade? Se não se conseguem aguentar à bronca, cresçam!! É que o mundo lá fora (sim, isso existe) não é uma caixa de comentários gerida por vocês. Aliás o mundo lá fora passa logo à acção, em vez de comentar simplesmente. Toca mas é a largar o bibe e as fraldas, que tá a tocar para a entrada..."

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

      Eliminar
    2. Ancora una volta, cari lettori, non possiamo tollerare linguaggio osceno in questo spazio.
      Saluti,
      Architetto Dolce Filiberto di Savoya, PhD

      Eliminar
  3. Cheira-me a marmota... cheira cheira!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cheira-me a Ucras, cheira cheira!

      Eliminar
  4. Cheira-me a Célia... cheira cheira!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cheira-me a abichanado, cheira cheira!

      Eliminar
  5. O melhor desta posta de bacalhau é a opinião do doce e da bicha, acerca da moderação e eliminação de comentários. Porque é uma coisa que vocês não fazem (?) longe disso e mais, vocês até a usam para trocar ideias(?). São uns queridos, vocês.
    “Quem não gosta é livre de contestar, refilar, contrapor. É livre de questionar, desafiar, discordar. Quem não gosta é livre de se DIVERTIR e GOZAR com isso! E vocês, de gozarem em troca, claro está. Viva a liberdade, suas jóias!”.
    Com certeza que todos respeitam as vossas liberdades, até ao momento em que elas colidam com a liberdade dos outros. Aí já estamos perante um assunto de natureza legal, ao qual pelo andar deste comboio, estamos cada vez mais perto de chegar.
    Tio palhacinho tudo o que escreveste neste post, só demonstra falta de fígados, falta de coerência, de capacidade de encaixe e até de argumentação. És a melhor imagem de um wanabe que nunca será nada. Hate blogs existem desde sempre e nem para fazer este lixo demonstras criatividade. És só mais um. Igual a tantos outros. Exatamente como criticas no post que aqui acabas de vomitar. Vives da critica pela critica, sem ser capaz de criar nem construir nada. É Lindo. É o melhor post de todos e é um reflexo, do que és.
    Ser gozado e criticado melindrou-te, mas os outros também têm liberdade de questionar, desafiar, discordar, refilar, contestar, contrapor e claro está de se DIVERTIR e GOZAR contigo. Nem que seja noutro lado.

    Sempre ao dispor

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas... desculpem interromper, quem foi "gozado e criticado" foi o Tio Bicha ou foram os We Blog You? O Anónimo das 13:00 parece estar à nora com tudo isto. Vá lá, tenta superar as críticas criativamente. Vais ver que te vais sentir muito melhor!

      Eliminar
    2. Deve ser um amiguinho de carteira do We Blog You. Estou a imaginá-lo a deitar a lingua de fora, qual criança birrenta.

      Eliminar
    3. Deve ser é o PRÓPRIO Fred do WBY mazé!!!!!!!!!

      Eliminar
    4. Pois eu até gosto dos We Blog You e acho elegantes e depurados os designs que fazem. Por isso tenho pena que eles tenham dado o flanco ao responderem no blog deles desta maneira tão frouxa.

      Só agora é que consegui perceber que os comentários anónimos que tanto os melindraram foram feitos neste próprio espaço (D&B). Fui procurar em algumas mensagens ali para baixo e lá estão - não só os tais comentários, como o link para o gif animado com que eles responderam.

      Eliminar
    5. E depois, ó grande génio? Só agora é k pescaste isso?! Porqué k achas que os Tios estão aki a fazer este ajuste de contas? Burra loura

      Eliminar
    6. Burra mas é boa como o melaço e isso é que conta.
      Amo-te Cláudia, és a melhor e deixa estes despeitados falarem que tu é que estás no topo.

      Eliminar
    7. O anónimo das 13:00 não está equivocado.
      Quem foi criticado no blog da wby por atitudes estupidas e despropositadas, foram os autores deste lixo. Que não gostaram da resposta e vieram tentar cuspir umas piadolas. Tristes que ficaram. Tão tristes quanto as observações que fazem sem graça nenhuma. Já nem sequer brincam (putos) com os assuntos, limitam-se a falar mal. De uma forma criativa, claro(?).

      Eliminar
    8. Claro, são tão criativos uns como os outros...

      Eliminar
    9. Anónimo das 10:22, não se diz "falar mal". Diz-se "dizer mal".

      Cê é brasuca, ô cara?

      Eliminar
    10. E há algum problema com o facto de ser "brasuca", ó "portuga"?

      Eliminar
  6. E já agora, nos ditongos abertos éi e ói das paroxítonas, o acento caiu, suas joias.

    ResponderEliminar
  7. Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ancora una volta, cari lettori, non possiamo tollerare linguaggio osceno in questo spazio.
      Saluti,
      Architetto Dolce Filiberto di Savoya, PhD

      Eliminar
    2. Vocês acabam de criticar os outros pela moderação/remoção de comentários e fazem o mesmo. Um brinde ao palhaço!
      Obsceno, é denegrirem de forma gratuita e despropositada o trabalho de alguém. Porque é que não gozam com o varredor de ruas, o carteiro ou o bombeiro?
      Não têm o direito de denegrir o trabalho dos outros, de uma forma tão leviana, basicamente por achar que são melhores. Até porque, objectivamente não são. Ou acreditam que este hate blog tem alguma coisa de criativo, original ou melhor do que qualquer um dos outros que já conhecemos? Não tem. É o vosso header que é original? E os vossos posts são engraçados e criativos? Não são. São conversa de treta e de uma pobreza confrangedora. Palhaços há muitos, pá. E vocês, devem ter sido despedidos de algum circo, porque são do mais fraquinho que temos visto.

      Eliminar
    3. Mas se os meus queridos Dolce e Bichana são "do mais fraquinho que vocês têm visto", porque é que se dão sequer ao trabalho de vir aqui responder?... ;)

      VIVA o D&B! VIVA o D&B! VIVA o D&B! VIVA o D&B! VIVA o D&B! VIVA o D&B!

      Eliminar
    4. Pela simples razão, de que ao contrário dos que aqui se riem, eu acho miserável este tipo de atitude. É um circo da pior espécie. O típico circo romano onde o jorrar de sangue é o único e o maior motivo desta canificina, para gaúdio de um império decadente (remanescência da geneologia do seu tio).
      Eu não me refiro a este post em particular, refiro-me à atitude anónima, com ares de superioridade bacoca, perante todos os outros. Refiro-me às pessoas que aproveitam estes espaços, para vinganças privadas. Refiro-me às vantagens pessoais, que alguns conseguem com a maledicência. Refiro-me à concorrência desleal (no caso de negócios e empresas) que aqui são mencionados.
      Ou alguém acredita que isto é tudo uma bricadeirinha inocente?

      É nas costas dos outros que vemos as nossas, meus amigos.

      Eliminar
    5. "Referes-te à atitude anónima"? É O CÚMULO! Mas e que atitude é que estás TU a tomar, ó Anónimo? Se és o Fred ou a Raquel dos We Blog You, mostra-te, que diabo. Não vais perder nada com isso, pelo contrário. O que é "estúpido" e "bacoco" é criticar o anonimato vindo comentar à sombra dele!

      Eliminar
    6. Não sou, caro anónimo.
      Não conheço nenhum deles, como também não tenho nada a favor nem contra, nenhuma das pessoas que foram gozadas neste blog.
      A minha argumentação, não tem a ver com nenhum post em particular. Tem que ver com quem fala mal de pessoas e profissionais, com quem denigre o seu trabalho, e com quem o tenta ridicularizar. Mais particularmente com quem pretende e esta é uma certeza que tenho, retirar partido profissional dessa atitude. Porque no meio de todos estes post´s "inocentes e engraçadinhos", há meia dúzia que são focados não nas pessoas, mas nas suas actividades profissionais. E seja de forma direta, por "amiguismo" ou "compadrio" é uma atitude desleal, baixa e cobarde de concorrência, realizada sob anonimato.
      Fiz-me entender?

      Eliminar
    7. Ui, onde isso já vai!
      Ó Fred / Raquel, não entrem numa espiral de conspiração, vá.
      Acreditam mesmo que o Tio Bicha é um designer que vos quer fazer concorrência? Acham que isso cola?

      Eliminar
    8. Nop.
      Primeiro porque não tem estofo empreendedor para isso.
      Depois, e considerando esta espelunca bafienta onde fazem uso da sua ciatividade, dificilmente conseguem resolver os seus próprios problemas, quanto mais apresentar soluções a um Cliente.
      E por fim, porque este tipo de gente, não trabalha. Prefere fazer um freelance, que é uma forma muito mais engraçada de dizer biscates, às suas amizades. E a esses sim, dá um jeitão denegrir a concorrência.

      * Eu estou farto de escrever aqui e já referi, que não sou, nem conheço nenhuma das pessoas que trabalham na wby.

      Eliminar
    9. Que grande salganhada que praí escreveste! Não nos faças rir!
      Quem é que é o "tipo de gente que não trabalha" e que "prefere fazer um freelance", afinal? Os D&B? Os WBY? Os Quarto de Mudança? Não se percebe pevas do que praí vai.

      Ah, e a expressão correcta em inglês coloquial é "nope". Não sejas "criativo" com a língua, pá.

      Eliminar
    10. Não sei onde está a confusão, mas se prefere, chamamos os bois pelos nomes:
      É aos seus tios que ocupação profissional e mental. São eles que usam este circo para dar um jeito aos amigos.
      Amigos, que a propósito, eu nem sequer mencionei mas o anónimo trouxe à discussão.

      Eu não sou criativo, meuito menos pseudo-criativo.
      Mas acho engraçado que se preocupem tanto com os erros ortográficos, e pouco ou nada com a desonestidade ou a falta de carácter.
      São uns bandalhos bem falantes. Ou "nope"

      Eliminar
    11. *É aos seus tios que falta ocupação

      Eliminar
    12. Que confusão que para aqui vai! Este blog brinca com os blogs que por aí andam. Descobriu no WBY material para brincadeira e avançou. Para alguns isto é quanto basta para desenvolver uma teoria da conspiração. Não estou a ver o D&B a fazer concorrência nem a pseudo-designrs, nem a pseudo-mammy fashions. Apenas isto e só: brincar com a própria informação fornecida pelos blogs... Haja humor, e vejam lá se não se lembram de dizer que anda aqui concorrência feroz ao Herman José ou a outros que tais!

      Eliminar
    13. O Anónimo das 14:26 foi o único que falou com cabeça, tronco e membros. Apoiado.

      Eliminar
    14. Concordo, que este blog não faz concorrência a nada nem a ninguém.
      Mas o que aqui já foi escrito, denigre a imagem de pessoas e empresas.
      E isso é uma vantagem que é dada a quem compete no mercado. Sejam blogs de de mammy´s fashion, de designers ou de outra coisa qualquer.
      Por exemplo, se a dona pipoca vir aqui ridicularizado o seu mau gosto, isso provoca nas empresas que a patrocinam, uma óbvia e necessária reavaliação de objectivos. O melhor exemplo, são os contratos que a Pepa perdeu, depois de ter sido ridicularizada pelo que disse.

      Quem entende um pouco de estratégias de comunicação, utiliza o marketing de multiplas formas e aquilo que para uns é apenas uma teoria, para outros é uma ferramenta de trabalho.
      Não é preciso dizermos que somos melhores, basta que alguém diga que os outros são piores.

      Eliminar
    15. O que eu não percebo é como é que pode alguém criar uma empresa online e pensar que o mundo real é do tamanho do écran do computador! Uma empresa - todas as empresas - têm de saber lidar com a concorrência e, sobretudo, com a crítica. E o mundo não é feito das "amigas fofinhas" que vão fazer workshops à vossa casa. É feito de TODA A GENTE, alguns que trabalham no mesmo ramo que vocês, outros que não. E todos têm direito a fazer críticas. Boas, más e assim-assim. Se vocês não conseguem lidar com isso, estão muito mal preparados para enfrentar o mundo real - e, por extensão, para vencer.

      Eliminar
    16. Sim, mas como em tudo na vida, deve haver regras também na concorrência.
      Não vale arrancar olhos, nem golpes abaixo da cintura.

      Eliminar
  8. Eles (o blog visado) são mesmo burrinhos. Se se deixa lá um comentário discordante, mas educado, apagam-no logo. São um bocado infantis, a meu ver.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Burrinhos, burrinhos, mas têm conseguido roubar a clientela toda aos QUARTO DE MUDANÇA. Essa é que é essa.

      Eliminar
    2. É temporário. Não conhecia O "Quarto de Mudança" Fui ver agora e parecem-me bem mais originais e diversificados. Os outros fazem tudo igual, os blogs ficam todos com o mesmo aspecto... Assim de repente percebi que de um que passou de uma imagem original e muito própria, com fotografia, para uma "fofinha" igual a todas as outras, mas eles é que lá sabem...

      Eliminar
    3. Sim, o Dias de uma Princesa, claro. Tinha uma imagem original, com uma fotografia filtrada dela e dos filhos, com as letras tipo graffti, não era? Agora parece o blog de uma escola primária kkkkkkkkkkkkkkkkk

      Eliminar
    4. se calhar conseguem "roubar" trabalho porque levam pouquinho pelo trabalho
      que também não merecem muito porque a formula é igual para todos

      Eliminar
    5. No caso dos blogs mais conhecidos arriscaria dizer que nem cobrarão nada em busca de exposição.

      Eliminar
    6. "Que nem COBRARÃO"???????? Vocês nem sequer a escola primária acabaram?

      COBRARAM, almas de Deus! Pretérito perfeito do indicativo, terceira pessoa do plural! :))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))

      Eliminar
    7. Cobraram é passado.

      Cobrarão é o futuro do presente do indicativo. Usa-se para referir eventos ou situações prováveis de acontecer.

      Dado que não há certeza se cobram ou não, opta-se por esta forma.

      De nada pela explicação :)

      Eliminar
    8. "é o futuro do presente do indicativo"? PFFFFUUUUUUUUAHAHAHAHAHAHAH! Esta bate todas!
      Querem ver que vocês agora descobriram um novo tempo verbal? O futuro do presente? ahahahahahahahahahahahah
      OLhem, a mim quer-me parecer que é que vocês (WBY) têm "presente sem futuro".
      De nada, de nada :)

      Eliminar
    9. Anónimo das 10:33, concordo. A marmota de certeza que não pagou um tostão por aquele lix-, desculpem, luxo. E não pagou porquê? Porque o Fred e a Raq trabalharam de borla, sim, mas sobretudo porque ela não tem um tostão furado, ahahahahahah!

      Eliminar
    10. Sim, meu caro(a) futuro do presente do indicativo... embora possa parecer estranho.

      Na impossibilidade de lhe emprestarmos uma gramática remetemos para a Wikipédia: http://pt.wikipedia.org/wiki/Infinitivo

      "O Futuro do Presente do Indicativo é obtido pelo acréscimo ao infinitivo das desinências ei / ás / á / emos / eis / ão.

      Por exemplo:
      cantar: eu cantarei, tu cantarás, ele cantará, nós cantaremos, vós cantareis, eles cantarão."

      (pode fazer a adaptação a cobrar que se conjuga da mesma forma)

      Eliminar
    11. Ai a wikipédia é para ti uma fonte fidedigna? Estás na pré-história da referenciação científica.

      "Arrisco a dizer que não COBRARÁS nada em busca desta pérola gramatical"...

      Continuas a achar que o tempo está correcto? Que riso!

      Eliminar
    12. Em não confiando nesta informação sugiro, novamente, a consulta de uma gramática e assim encerro o assunto.

      Sim, o tempo verbal que usei está correcto. Assim como o que usou na frase deste seu comentário.

      Eliminar
    13. "Dado que não há certeza se cobram ou não, opta-se por esta forma."
      rsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrs

      Eliminar
    14. Não se diz "Em não confiando", diz-se simplesmente "Não confiando". Usar a preposição é uma corruptela popular da forma gerundiva. ;)

      Eliminar
    15. Todas as empresas procuram alavancar os seus negócios, através da exposição do seu trabalho, muitas têm inclusive necessidade de subsidiar os seus Clientes.
      O que a wby faz nesse sentido, e a estratégia que escolheu é a que qualquer gestor minimamente inteligente faria. O que só demonstra inteligência empresarial e a coragem de uma marca que está a nascer, que estará com certeza disponivel para evoluir com criticas construtivas e que quer conquistar o seu espaço no mercado.
      Criticar por criticar, não só é estúpido e contra producente como é um tique tipico de gente pequena e sem visão, dos artistas iluminados que aqui vomitam a sua capacidade visionária.
      Eu não vi aqui ninguém questionar o porquê do formato ser semelhante em vários blogs. Podem existir vários motivos para isso, que não necessariamente a falta de criatividade.
      Esse, foi só o argumento que os autores deste circo tiveram a "criatividade" de escolher. Talvez por serem amigos da concorrência, pergunto eu?

      Eliminar
    16. Anónimo7 das 11:36 então explique lá o porque de ser tudo igual, certamente tem ai a resposta na ponta da língua.
      Imagine que a bbdo tem como clientes o bes e o bpi e vai usar a mesma formula? mudando o nome apenas? como cliente como vai distinguir estes dois? ah pelo nome?

      se o fizeram de borla, então são mais dois a estragar o mercado. Quem não se valoriza nunca deve ganhar muito nesta vida, mas lixar os outros designers é que não..

      Eliminar
    17. Pois fique sabendo que a bbdo, que utiliza e muito bem, como exemplo, usa a mesma fórmula desde sempre e é um caso de sucesso evidente. No fim, são sempre os clientes que pagam, escolhem e decidem.
      Mas a exposição a publicidade e o marketing são determinantes no sucesso de qualquer negócio e implicam esforço financeiro. De resto, quem lhe disse que alguém tinha feito alguma coisa de borla?
      Eu não fui, nem faço ideia de quanto custa este tipo de trabalhos. Mas, se os outros designers se queixam, então talvez seja altura de deixarem de ser wanabe´s como o tio palhaço e começar a trabalhar para criar a sua própria bbdo. Ou alguém acredita que as bbdo´s deste mundo nascem gigantes?

      Eliminar
    18. usa a mesma formula??? o bes não é igual a nenhum banco tem graça e é um cliente deles.
      as bbdo nascem a custa de malta a trabalhar de borla lá dentro, estagiários é o que não faltam a grande empresa, a custo zero. Por isso se fizeram um desconto de amigos aos ditos blog´s de sucesso não me ia surpreender, nada

      Eliminar
    19. Então, anónimo das 12:34 (aliás, Fred / Raquel), não respondem?
      Em que é que ficamos? Expliquem lá isso de ser bom "usar a mesma fórmula".

      Ou será que ficaram sem argumentos?

      Eliminar
    20. Ok, sem confusão.
      Não se trata de argumentar nada, caro anónimo.
      Não há Clientes iguais, nisso concordamos.
      Não está com certeza, a ver o Ricardo Salgado, a assinar um cheque em branco, não é verdade? Já temos pontos em comum.
      E agora um bocadinho mais dificil: Sabe porque é que ele não assina o cheque em branco? Porque no fim, quem escolhe aquilo que paga é o Cliente.
      Caro anónimo, o que é igual é a "fórmula", profissional e dedicada, como se trabalha com cada Cliente, seja ele quem for. Mas, se o Ricardo quiser o bes amarelo, a bbdo, não faz roxo!

      * E por favor, eu já escrevi antes, não tenho absolutamente nada a ver com a wby. Não conheço sequer as pessoas, nem nenhuma das muitas, que têm sido criticadas neste blog.

      Eliminar
    21. Anónimo7 das 13:35 é um designer wannabe?

      Eliminar
  9. Confirma-se que são mesmo bébés. Não é preciso ser-se psicólogo para ver toda a atitude corporal de bébé grande do rapazo. E tudo está de acordo... o tom de choramingas, a repetição dos temas over and over again...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu acho a atitude corporal do bebé virada para tendência Gay muito desenvolvida com previsões de panilas assumido num futuro próximo de si(Ele)

      Eliminar
    2. Já a tua atitude só está virada para tendência Cretina muito desenvolvida com previsões de besta-quadrada num futuro próximo.

      Eliminar
  10. Dolce e Bichana vocês são o máximo!

    ResponderEliminar
  11. Eu cá voto na PALMIEEEEEEEEER!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas de longe!!! O trabalho dela consegue superar e em grande escala as baboseiras que os outros fazem.

      Eliminar
    2. Eu voto nas Salgadetes!

      Eliminar
  12. Caros Dolce e Bichana,
    Caros Comentadores,

    "Aqueles cuja conduta mais dá para troçar
    São sempre dos outros os primeiros a falar."

    Jean Molière, França, séc. XVII

    Cordiais saudações,
    O Bendizente

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E não te consegues expressar sem parafrasear alguém óh Bendizente(zinho).?

      Eliminar
  13. A Beatriz Costa era bem mais cheiinha. E tinha franja. Esta designerzita é muito magricela. Um gajo pica-se.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querias febra, é? Para isso tens o Vasco Santana, AKA Freddie :)

      Eliminar
    2. Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

      Eliminar
  14. Adorei a definição:

    "Um jovem artista é, como sabem, um poço de certezas e verdades a girar loucamente em torno do próprio umbigo. "

    Brilhante, D e B, é isso mesmo! Palmas!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois eu diria sem grande margem de erro, que o teu tio estava em frente a um espelho, quando criou esta pérola, que ofereceu aos seus porcos. Embora me pareça que ele (o teu tio) gira loucamente à volta do rabo, não do umbigo.

      Eliminar
  15. "Il Paradiso degli Anonimi" ahahah

    Ora aí está um excelente título para esta espelunca. Nunca se viu coisa igual. Dezenas e dezenas e dezenas de comentários - 96% de anónimos?! Não é normal.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que é que achas? A malta não se quer comprometer..

      Eliminar
    2. Sujar, queres tu dizer. A malta não se quer SUJAR.

      Eliminar
    3. Mas querem OPINAR. Oh se querem!

      Eliminar
    4. Eu queria era PINAR. Oh se queria!

      Eliminar
    5. Chama o teu tio e pina o gajo.
      Cú não tem sexo e ele agradece.

      Eliminar
  16. Também entras na % de anónimos!!! `e a chamada falta de fruta!!!

    ResponderEliminar
  17. Ó Burro das 17:24. É tão normal que tu vieste como anónimo.
    Deves pertencer ao Gang do Bebé com tendências altamente abichanadas, Saloio!
    ih ih ih...

    ResponderEliminar
  18. Cláudia! Onde andas tu, mulher da minha perdição.
    Porta-te bem, futura mãe dos meus filhos.

    ResponderEliminar

Convidamos os nossos estimados leitores a exprimirem livremente as suas opiniões, nos limites porém da elegância e do decoro. Lembrem-se de que o insulto vil e raso está ao alcance de todos, mas a crítica espirituosa é prerrogativa apenas dos mais dotados de células cinzentas.

Reservamos também - e sobretudo - aos visados nestes 'posts' humorísticos (ou respetivas "personas" virtuais, pois que apenas essas são aqui objeto de sátira) o direito de resposta. Venham daí contra-farpas, que bem merecemos.

E brinquemos todos, saudavelmente, pois o riso dá longevidade, seus queridos!

Sempre vossos,
Dolce e Bichana