31 de outubro de 2013

A REIS VAI NUA

Pois não é que a super-querida da Olguinha Reis, do blog O Rei Vai Nu, sempre tão elegante e com aquele jeito já quase lendário para escolher óculos para crianças, nos veio contar candidamente que já se fotografou sem roupa? E grávida, ainda por cima? As palavras são dela:


"Sem qualquer pudor"? Fantástico, sua marota! Assim é que é: mostre a toda a gente o que é ser cosmopolita! Humm,... como diz? A menina mostra MESMO a toda a agente? Quer dizer, a TODOS os que vão a sua casa?... 


Ooooooh! Mas nós também queremos ir a sua casa! E ser recebidos por uma anfitriã tão... tão moderna e naturalista! Afinal de contas, o que é que o canalizador e o homem da TV Cabo têm a mais que nós? Por outro lado, é uma maldade a queriducha vir contar-nos tudo isso e não postar nenhum exemplar das tais fotografias em pelota... Tudo o que nos mostra, para grande mágoa nossa, são fotografias da segunda gravidez, em que já deixou no sítio algumas peças básicas de vestuário:


Mas ouçam, que o mais incrível ainda está para vir. Acreditam que, de entre todas as visitas incautas que aparecem lá por casa da Olguinha - a maioria das quais "adora" as fotografias, claro -, houve alguém que lhe disse que eram uma ordinarice? Melhor, que eram uma "ordinariÇe" (com 'c' cedilhado, pois a ortografia dá muitos trambolhões neste blog maravilhoso, a começar pelo título, em que "nu" nos arreia logo com um acento na tromba)! Céus... como é possível? Que malvadez! Como podem existir seres humanos assim? Olhem, a nossa incredulidade só é comparável à da própria Olguinha, coitadinha, que tão "magoada" ficou e que, queixosa, pergunta retoricamente:


Alguém lhe explica? Ora essa, NÓS, os Tios Dolce e Bichana, explicamos, claro está! Nós explicamos sempre tudo! Melhor, "soletramos", para que a menina capte bem. O corpo de uma mulher grávida, lá por estar em gestação, não perde a sua sexualidade. Pelo contrário, sua cutxi-cutxi ingénua! Muitas mulheres experimentam mesmo uma melhoria da sua libido. E, aos olhos dos outros, muitas grávidas ficam, na verdade, mais femininas, com curvas mais sinuosas, peles mais macias, olhos mais brilhantes. Ficam, essa é que é essa, mais sensuais, sua amorosa! Não sabia? Ora pois. Por extensão, a nudez da grávida NÃO é pura, nem casta, nem de virgem-maria-no-altar, sua jóia! Percebeu?... Sim? Então veja se, da próxima vez que se lembrar de tirar fotografias grávida "como veio ao mundo", vai ao google pesquisar o tópico. Mas antes sente-se, sua grande fofa, não vá o choque fazer-lhe mal.

Não tem nada que agradecer; sempre às ordens! Os Tios D&B já se mentalizaram que têm mesmo muuuuuuuuito que ensinar nesta blogosfera torturada. Ufa!

Sempre vossos,
Dolce e Bichana

29 de outubro de 2013

A MÓNICA DOS PIOLHOS

Será que a grande querida da Mónica Lice, esse autêntico cornerstone da moda blogosférica, com uma média de visitas diárias que ronda as 25.000, sabe que "lice" em inglês (pronunciado "laice", claro) quer dizer piolhos, sendo o plural de "louse" (piolho)? E que é por isso que se emprega tanto o termo "lousy" (piolhoso, sem préstimo, desprezível)? Talvez não saiba, não. A avaliar pela quantidade brutal de erros que as bloggers lusas dão quanto tentam armar-se e falar 'ingalês', é provável que não. Mas o Tio Dolce, que teve uma preceptora britânica em pequeno, e a Bichana, que viveu três anos em Londres a tirar Teatro e a servir nos bares de Covent Garden, não pararam de rir quando conheceram o blog desta pérola. E, quando viram a farta cabeleira dela... bem, perceberam que os adoráveis insectozitos têm ali realmente muito por onde passear e fazer uns ninhos fofos, fofos! Eh pá, olhem para eles! Estão a dar uma festa, saltando para tudo quanto é lado:


Soubemos, entretanto, que esta jóia já tentou fazer tratamentos anti-piolhos no cabeleireiro do rés-do-chão do prédio dela, mas sem êxito. Pelos vistos, o hair-stylist bem que puxou e puxou, e a Moniquinha bem que chiou e chiou, mas tudo para nada. NADA! Os malandros dos bichinhos lá continuaram a nidificar alegremente junto ao escalpe da querida!


Oh, a situação é tão caricata que não conseguimos abafar o riso! Mpfffmm! Mas a avaliar pela curva descendente que a amorosa da Mónica forma com a boca, é de supor que ela não nos acompanha nestas gargalhadas tão energizantes. Mais: achamos mesmo que ela está a ficar zangada connosco...Ups!


Ó filha, não se mostre tão desagradada! Afinal de contas, quem não teve já piolhos uma vez na vida? A menina faz é muito bem em assumi-los corajosamente no próprio título do blog. E quanto ao resto, o blog tem-lhe valido uns bons cobres, verdade? Toca a rir, então, e a elevar as mãozinhas ao céu, que outras raparigas com piolhos bem menos ativos e bocas bem mais bonitas que a sua nunca tiveram os connects para tanto! Vá lá, faça um esfoooooorço...



Iiiiiiiiisso, assim está melhor. Não custou nada, viu, sua amorosa? Pronto, pronto, já chega, não precisa de nos mostrar mais fotografias de si a rir. Humm, pensando melhor, achamos até que a querida faz muito bem em manter um ar sério. Porquê? Olhe, são cá coisas nossas!

Sempre vossos,
Dolce e Bichana

25 de outubro de 2013

NOTÍCIA DE ÚLTIMA HORA

Pára tudo! O Tio Dolce e a Prima Bichana, embrenhados que estão nos preparativos para o fim-de-semana animadíssimo que vão ter (vão a NYC numa viagem-relâmpago ver a Eva Ayllon ao Carnegie Hall), vêm dar-vos conta, num instantinho, da escandaleira que acabou de rebentar. O headline é da autoria da Bichana, que hoje acordou com delírios:

FARTAS DE FINGIR QUE SÃO EDUCADAS, A FE E A FI FORAM AJUSTAR CONTAS. FUJAM TODOS!


- Toma! - diz a Fe, toda descabelada e a transpirar de fúria.
- Aaaaaaiiiii! - geme a Fi, em estado de choque. - Afinal o que é que eu fiz?
- Fizeste-me... sombra! - responde a Fe, agarrando-se-lhe ao gargomilo.
Se não fosse a intervenção de centena e meia de groupies, que já se amontoavam, histéricas, em redor das duas improváveis wrestlers, a apoiar ou uma ou outra destas amorosas mommy-bloggers, a Filipinha bem que podia ter ficado com dois olhos negros em vez de um. Quem diria que a Fe, aquele pau de virar tripas, ficava tão fortalecida com a ira? Parece que aqueles musculozitos viraram ferro! Com esta é que a matulona da Fi não contava!

Mas afinal, perguntam os nossos estimados leitores, o que é que se passou para as duas finas flores se pegarem desta maneira? Pois bem, a razão da zaragata foi simplesmente de ordem territorial e geo-política. As duas empresárias da organização de mercaditos acham que o galinheiro não tem espaço para as duas! Acham que onde uma galinha canta, as outras têm que ouvir e calar! E, bem, a Fezinha, que já bons motivos tinha para se insurgir contra o logotipo da Fi (o qual exibe a mesma "font", as mesmas cores, os mesmos triângulos e, ainda por cima, a mesma coroa amarela que o dela), não suportou que o Oporto Krazy Market fosse naquele palacete lindíssimo, ocupando três pisos com dezenas e dezenas de marcas, passagens de modelos e o diabo a quatro, enquanto que o Marcadito da Bolota teve lugar num único salão do Sheraton, onde as pessoas se acotovelaram todas e onde houve inclusive quem ficasse com os gElinhos dos pés esmagados e irremediavelmente danificados! Olhem, uma pena.



Lembram-se doutra zaragata, essa verbal, que teve lugar há tempos no FB? Aquele terrível mal-entendido em torno de um textozeco sobre as filhas? A Fezinha, jóia que é, não tem exatamente um doutoramento em Hermenêutica, muito menos em Semântica ou Estilística, como sabem. Logo, para ela é um pouco difícil não só acertar com a ortografia, como ajuizar sobre a palavra escrita. Aos olhos dela, é tudo mais ou menos a mesma coisa. O que ela escreveu dessa vez no FB foi:


Quem descobre as semelhanças? Dóceis admiradores desta deusa que somos, depressa nos dispusemos a fazê-lo, munidos de lápis de várias cores:


Humm, desculpe, Sôdona Fezinha, mas as únicas semelhanças que descobrimos entre os dois textos resumem-se à repetição do substantivo "menina" (impossível de evitar num texto que fala de uma...menina - hellooooo?) e dos adjetivos "simpática" (igualmente difícil de contornar quando é a própria mãe a falar da sua pequena filha, por sinal amorooooosa e uma simpatia, pois então!) e "crescida". Ok, crescida, e depois? A Fezinha detém por acaso direitos de autor sobre o termo? Ah, o segundo texto também diz, tal como o primeiro, que a criança "reage quando contrariada". Céus, TODAS as crianças do mundo reagem quando contrariadas! Tanto workshop de educação de infância e ainda não perceberam isso?

Na opinião do Tio Dolce, pessoa lida e erudita, os dois textos só têm em comum a temática, que mais não passa da algaraviada habitual das mums que por aí pululam na Face-bloga. Quanto à forma, enfim, são tão diferentes quanto podem ser as limitadas redações de duas amorosas mães de família dedicadas a mercaditos. E pronto, Tio Dolce dixit! Ah, e quanto a haver, ou não, espaço para as duas, claro que há! Para duas, e três, e quatro! Já viram a quantidade louca de galinhas que andam por aí a cacarejar, bicando e esgravatando tudo à procura dos melhores grãozinhos para os seus pintos? Descansem, pois. E acabem já aqui com as zaragatas!

Sempre vossos,
Dolce e Bichana

23 de outubro de 2013

SOU MÃE SOLTEIRA, LAI-LAI-LAI!

Oh, que saudades da nossa querida Ágata, essa rainha pimba, oxigenada e dengosa, que tantos palcos rurais aqueceu por esse Portugal perdido! O Tio Dolce, como já devem ter adivinhado, ADORA as cantoras pimba, por serem tão paradigmáticas do genuíno kitsch, envoltas em folhos, brilhantes e purpurinas, com carnes avantajadas e curvas inequívocas, bem ao gosto do macho primitivo tuga!


Uma das obras-primas que mais saudades nos deixou foi a que dá título ao post de hoje. Ora espreitem a letra, rasgo poético inspirado, autêntica epítome da perfeição literária (e, já agora, se estiverem com estômago, espreitem também o imenso potencial para atriz da Ágata querida, no vídeo aqui):

(...) Um mês passado, de olhos a brilhar,
A novidade corri para lhe dar.
Acontecera o melhor que o amor tem:
Pr' além de esposa também ia ser mãe!

Mas esse brilho depressa esmoreceu
Assim que ouvi a resposta que ele deu:
"Quem foi que disse que me quero casar?
Ainda p'ra mais com filhos pra criar?"

Sou mãããããããe solteira, mas já não sinto dor
Na minha vida nasceu algo melhoooooooor:
Esta criança, que me fez compreender
A verdadeira razão do meu viveeeeeer!

Pois bem, já não temos mais de ter saudades da Ágata. Agora, é a nossa blogosfera que nos dá, de bandeja, uma sucessora, uma substituta, um avatar de superior colheita! Uma... "princesa", mãe orgulhosamente solteira, a fazer V de Vitória enquanto transporta a descendência num look bum-chic cuidadosamente calculado!


Para começar, a Bichana acha que o termo "princesa" devia ser elevado à categoria de palavra mais pimba do mundo virtual. Já viram bem que, nos blogs e no Facebook, não há criancinha ranhosa que não seja um príncipe ou uma princesa? Irra, que já irrita! Em contrapartida, o Tio Dolce acha o termo perfeitamente apropriado a esta jóia e ao seu universo lamecho-sentimental - o de uma mãe-leoa que luta solitariamente para conseguir "make ends meet". Quer até dar-lhe os parabéns por este título tããããão original! 

Pois bem, a Princesa, à imagem do seu protótipo, é igualmente prolixa, "cantando" todos os dias nos "Dias de uma Princesa" - nem que seja, humm, sempre a mesma letra ("Bom dia, domingo", "Bom dia, segunda", "Bom dia, terça")... A diferença é que esta jóia é reincidente: tem, em vez de um, dois rebentos, a querida! Oh-oh, de "Beato" não tem nada (perdão, "beata")! Que maravilha! E isso dá-lhe ethos para publicar um livro, claro! Umas publicam canções, outras publicam livros. Achamos muito bem! O que não achamos bem é que esta amorosa, com os quilos em excesso que recorrentemente se queixa de ter, passe a vida a publicar, tal como a amiga das nove horas (a Princesa tem muuuuuuuuuitas amigas, claro!), fotografias e mais fotografias de comidas e petiscos. A Bichana, que é elegantérrima, com umas pernas que vão daqui até à China, assegura que assim a Princesa não vai lá, mas adiante. Cada querida sabe de si, não é? E o Tio Dolce não quer meter-se em confrontos de gatas assanhadas. Tem muito amor à sua cútis perfeita e resplandecente.

Sempre vossos,
Dolce e Bichana

21 de outubro de 2013

E O PRÉMIO "THE RETURN OF THE MUMMY" VAI PARA...

...a mega-querida Mary Geddiz! Parabééééns!

Esta amorosa apareceu com a maquilhagem que a seguir se mostra na promoção de uma cebola que alegadamente ajudou a desenhar:


Ó jóia, esses - como dizer? - riscos nos olhos são uma herança direta do antigo Egito, certo? Ouça, achamos ótima a sua escolha! Fez-nos logo lembrar a saudosa da Liz Taylor, ainda na fase pré-Michael Jackson + cadeira de rodas, a fazer de Cleópatra:


Os nossos leitores fiéis bem sabem que o Tio Dolce sempre adorooooooou as grandes divas do show-biz, desde a Carmen Miranda à Amália, as quais tanto gosta de imitar nas festas privadas a que vai, mas não sabia que a Mariazinha quer agora competir com ele! Onde já se viu, sua malandra?

Sempre vossos,
Dolce e Bichana

18 de outubro de 2013

MAIS UMA VENDEDORA DE FELICIDADE

Ouçam, é que não temos descanso! Queríamos nós andar despreocupadamente pela Net quando, out of the blue, lá nos cai em cima, como um torpedo, mais um aviso de que não somos felizes. Um aviso não; um veredicto. Uma sentença. Uma ameaça!


Bem, o Tio Dolce teve de ir buscar o pince-nez, pousar a xícara Royal Worcester onde bebia uma tisana aromatizada com jasmim, abrir o reposteiro Osborne & Little e semicerrar os olhos para poder decifrar este 'post', autêntico desafio às leis da física (onde estão as cordas que sustentam esta querida, tão robusta, a um metro do solo?), e atingir a magnitude da mensagem.
- "Ao longo da vida todos acabamos por passar por fases de insatisfação" - diz a querida da Miss Torpedo iluminadamente.
- Todos? - perguntámos, a medo. - Mas... o Tio Dolce foi sempre uma pessoa extremamente satisfeita e realizada, passando a vida de sorriso nos lábios, e a Bichana é um fole de festas!...
- Nããããããão, isso não é a verdadeira felicidade. Para a atingir, há que ter formação - workshops! E o único workshop verdadeiramente "prático e eficaz" é... o meu!
Deslumbrados que ficámos com este pronunciamento de superior sabedoria (que tanto nos recordou a nossa Magda dear), não conseguimos dizer mais palavra. Mas logo o Tio Dolce, num ápice, percebeu (o QI dele é de 190) que a querida da Sofi é discípula de um conhecido sábio da nossa praça. O Prof. Karamba! Fantástico, não é? As artes mágicas para curar os problemas dos outros são iguaizinhas! Ora vejam:


Que dois génios do aconselhamento! Que maravilhosos peritos das vidas e psiques alheias, em dois estilos tão diferentes mas tão complementares: "ocultices" e "psicologices"! E que dotes, que skills, que sortilégios! 

Mudos de espanto, os Tios Dolce e Bichana ficaram no entanto algo melindrados com toda esta conversa em torno da sua felicidade e bem-estar. Como se já não bastassem todos os comentadores anónimos a moerem-lhes o juízo, dizendo que eles "não têm vida própria", que são "uns desgraçados infelizes", uns loners sem família nem amigos, que não têm emprego, nem nada que fazer, nem vida sexual ativa, para agora vir esta amorosa anunciar que tem a cura para um mal que só ela diagnosticou! Mas que maldade, sua Sofi marota, tentar impingir esta banha da cobra! A sério, jóia, fique-se pelas reflexões sobre a grandeza do quotidiano e a beleza da vida ao ar livre, continue a postar fotografias lindas nesse estilo Cape Cod, country-chic, rústico-provençal que fica tão bem e deixe a felicidade dos outros em paz. ¿Vale, cariño?

Sempre vossos,
Dolce e Bichana

16 de outubro de 2013

O QUERIDO DOS COLARES

Ao vermos as fotografias que hoje aqui reproduzimos, retiradas do blog encantador do Luisinho, não podemos deixar de pensar na canção inesquecível do António Variações:
Quando a cabeça não tem juízo
Quando te esforças mais do que é preciso
O corpo é que paga
O corpo é que paga
Ora digam-nos lá se esta cabeça não tem moooooooontes de juízo:


Que outfit mais giro! Oh, os black-and-white shoes, os óculos bicolores, o colar, os shorts, as pernas depiladas, o saco ao ombro... Seu amoroso, você é o máximo! Como diz? Fez um photo-shoot para o seu look-book? Com o "Pachêco Photography"? Que belíssima ideia! Yeaaah, Pachêco rules!


Olhe, a-do-ra-mos o look ultra-clean dos jeans + camisa branca; morremos pelo Hermès de imitação que o maroto roubou à sua mãe; e, sobretudo, estamos a babar-nos com esse mega-colar H&M! E a pose? Tanta naturalidade, tanta displicência, a mãozinha no rosto, o pezinho apoiado, esse beicinho tão fofo! Oh, esperem lá, que o Pachêco continua ali a disparar... Vejam, agora o rico pôs uma singlette e trocou de colar:


Bem, o Tio Dolce está aqui com falta de ar, pois não resiste a um jovem belo e sensível a espreitar por entre a vegetação. Diz que lhe recorda o Herman a fazer de David Attenborough! Ó Tio Dolce, onde isso já vai! Atualize-se! Veja antes esta obra-prima que a seguir aparece e diga se esta jóia tem ou não futuro:


Estamos extáticos com os quilos de fungos da parede lá atrás, com os vasos de ervas daninhas (Patsy dixit) cá à frente, a camisa cor-de-fogo mega-sexy, as calças justérrimas, o cigarro-à-homem e, claro, o colar de golas! Ah, e com o sorriso e o corte curto, que lhe ficam a matar (a sério) - vá por aí que vai bem!

Querido Luisinho, o menino é um doce, tão criativo, com tanto potencial para uma carreira de clothes designer de sucesso, digna de um primeiro lugar no "Project Runway", mas temos um conselho a dar-lhe: quando for aos estúdios onde os programas são filmados, afaste-se do Michael Kors senão "o corpo é que paga". Diz-lhe o Tio Dolce, que sabe dessas coisas.

Sempre vossos,
Dolce e Bichana

14 de outubro de 2013

THE JUMPING LEMON, OU O LIMÃOZINHO SALTITANTE

Pronto, pronto, nós corrigimos: o blog desta querida intitula-se The Sparkling Lemon, mas digam lá se isto não nos faz lembrar o livro do Mark Twain intitulado "The Jumping Frog and Other Stories"?

É que esta amorosa saltita...



...e saltita...


...e volta a saltitar...




...por vezes, saltita mesmo duas vezes na mesma fotografia...


...ou, o que bate tudo, saltita para as costas do namorado... Clop! Aqui estou eeeeeeeeu!


Bem, verdade seja dita, esta jóia tem uma alegria contagiante. E é das poucas portuguesitas fashion com pilim para usar Chanel genuíno. E Vuitton. E Ferragamo. E isto e aquilo. E o namorado lá a fotografa - hoje, e amanhã, e sempre, com isto, e com aquilo, e com aqueloutro. E ela sempre a rir. E a saltitar! Bem! Não há dúvida de que é uma rapariga cheia de sorte, não só por não saber o que são dificuldades materiais, mas sobretudo por ter este namorado tãããããããão paciente!

Sempre vossos,
Dolce e Bichana
PS - Ana Azevedo, grazie mille!

11 de outubro de 2013

A SÓSIA DO PROFESSOR PARDAL

Temos hoje uma doce confissão a fazer: os livros do Tio Patinhas vivem e viverão sempre no nosso coração. O Tio Dolce até se emociona um bocadinho ao falar desta intemporal maravilha da BD infanto-juvenil, ao passo que a Bichana volta e meia ainda lê as histórias do Carl Barks. Por isso ficámos tão sensibilizados ao descobrirmos esta sósia do Prof. Pardal, ostentando o Lampadinha em cima da cabeça! 


Os óculos, a cor do cabelo, da blusa, o sorriso fácil e bonacheirão, o olhar vivo... Enfim, esta jovem inconciente é a encarnação do pardal mais inteligente e engenhocas de toda a história dos livros aos quadradinhos! Trata-se da amorosa da Tânya (com "y"), uma rapariga que, à semelhança de tantos outros milhares de bloguettes, também tem um espaço virtual onde divulga a sua visão do mundo fashion e afins: o Choco Pink. Sensibilidade fotográfica já se viu acima que tem a rodos, mas o que ela tem mesmo é sense of style. Ora vejam:



Sua grande querida, vê-se bem que teve uma ideia de génio ao lançar-se nestas coisas dos fashion blogs - o que aliás já lhe garantiu várias parcerias e mais de 600 seguidores, que julgam? E é claro que esta ideia genial só lhe pode ter sido trazida por essa lampadinha acesa no alto da sua cabecita! VIVAAAAA!

Sempre vossos,
Dolce e Bichana

9 de outubro de 2013

E O PRÉMIO "CLOWNISH-CHIC" VAI PARA...

... a Fezinha e a Jozinha! Bravooooooo!

Estas duas queridas, trend-setters incontornáveis do panorama estilóide português, apareceram num dos inúmeros mercados, mercaditos, vendas, vendinhas, secas e sequinhas que pululam por essa mommysfera na figura que a seguir se mostra:


Não são fantáááááásticas? Olhem, os Tios Dolce e Bichana ficaram tão, mas tão, impressionados com estes outfits que quase marcaram o nº SOS Voz Amiga, para que estas duas jóias pudessem receber apoio imediato. É que a soma destes dois looks de arrasar, ainda por cima num mesmo metro quadrado, só pode estar intimamente relacionada com um problemazito na zona, humm, do sótão:

Ouvimos dizer que o Magalhães Lemos ainda tem vagas - é aproveitar, suas amorosas!

Sempre vossos,
Dolce e Bichana

7 de outubro de 2013

UMA SENHORECA QUE DESFILA NUMA VARANDA

Vimos hoje aqui, numa correria entre reuniões, acalmar as hostes. Os Tios Dolce e Bichana não foram expatriados, nem vítimas de um hate crime. Estão ambos ótimos, com uma saúde que só visto e a postos para continuar a zumbir educar as massas. VIVA! O que não poderemos é fazê-lo com a frequência a que habituámos os nossos queridos leitores. Segundas-quartas-sextas... kaput! A partir de agora, isto vai ser um guilty pleasure servido em colherinhas de chá. Aproveitem, pois, que os verdadeiros treats fazem-se esperar.

Ora bem. As palavras do título não são nossas; são de um leitor amoroso que comentou um certo post dando conselhos de blogs maravilhosos a visitar. Pois bem, ficámos devidamente ma-ra-vi-lha-dos com o que encontrámos no Estilo Hedónico! Uma deusa da moda portuguesa, versátil e enxuta:


A querida da Filipinha tem una figura envidiable, como diriam os nossos hermanos, especialmente depois de 3 filhos, e um penchant incrível para os saltos altos e as toilettes senhoris, que a bem da verdade lhe assentam como uma luva, regardless of style. O problema é mesmo o local que escolhe para se fotografar. Uma varanda, querida? Mas o que é que lhe deu? Ah, e o facto de aparecer em TODAS as fotografias com esses oculorros em cima do nariz:


Esteja sol ou tempo nublado, aí está a Filipa darling com os mega-spectacles de há duas estações postos - e, é claro, na varanda! A planta artificial vai desbotando, mas o sorriso desta rica é sempre o mesmo, fotografia após fotografia:


Quanto ao estilo redatorial, bem, o blog não é candidato ao Nobel da literatura, isso é garantido. A Filipoca, como  qualquer adolescente (que ela já não é há muito tempo), é uma partidária ferrenha dos pontos de exclamação:

"Adoro a carteira e o casaco!
Dois básicos que temos que ter no nosso guarda roupa!
X-Y-Z é uma marca online com vestuário e calçado e peças lindas e cheias de qualidade!"

E o conteúdo, obviamente, também não vai além disto. "Adoro isto", "Adoro aquilo", "Quero comprar", "Quero ter". Claro, sua grande querida! Compreendemos a profundidade da sua Weltanschaung!  E, perante a enorme, digamos, 'simplicidade' desta jóia, ocorreu-nos ponderar qual a profissão que terá. E logo supusemos que a menina seria uma caixeirinha do shopping, como cantava o Chico Fininho...

Pois não é que nos chegou aos ouvidos que a Filipa hedónica é... uma cientista internacional? Uma académica, professora universitária de Economia? Uau! Será verdade? É que não bate a bota com a perdigota, dear... Mas às tantas somos nós, que estamos com delírios, ou que fomos vítimas de contra-informação. Alguém nos elucida, por favor?

Sempre vossos,
Dolce e Bichana