23 de outubro de 2013

SOU MÃE SOLTEIRA, LAI-LAI-LAI!

Oh, que saudades da nossa querida Ágata, essa rainha pimba, oxigenada e dengosa, que tantos palcos rurais aqueceu por esse Portugal perdido! O Tio Dolce, como já devem ter adivinhado, ADORA as cantoras pimba, por serem tão paradigmáticas do genuíno kitsch, envoltas em folhos, brilhantes e purpurinas, com carnes avantajadas e curvas inequívocas, bem ao gosto do macho primitivo tuga!


Uma das obras-primas que mais saudades nos deixou foi a que dá título ao post de hoje. Ora espreitem a letra, rasgo poético inspirado, autêntica epítome da perfeição literária (e, já agora, se estiverem com estômago, espreitem também o imenso potencial para atriz da Ágata querida, no vídeo aqui):

(...) Um mês passado, de olhos a brilhar,
A novidade corri para lhe dar.
Acontecera o melhor que o amor tem:
Pr' além de esposa também ia ser mãe!

Mas esse brilho depressa esmoreceu
Assim que ouvi a resposta que ele deu:
"Quem foi que disse que me quero casar?
Ainda p'ra mais com filhos pra criar?"

Sou mãããããããe solteira, mas já não sinto dor
Na minha vida nasceu algo melhoooooooor:
Esta criança, que me fez compreender
A verdadeira razão do meu viveeeeeer!

Pois bem, já não temos mais de ter saudades da Ágata. Agora, é a nossa blogosfera que nos dá, de bandeja, uma sucessora, uma substituta, um avatar de superior colheita! Uma... "princesa", mãe orgulhosamente solteira, a fazer V de Vitória enquanto transporta a descendência num look bum-chic cuidadosamente calculado!


Para começar, a Bichana acha que o termo "princesa" devia ser elevado à categoria de palavra mais pimba do mundo virtual. Já viram bem que, nos blogs e no Facebook, não há criancinha ranhosa que não seja um príncipe ou uma princesa? Irra, que já irrita! Em contrapartida, o Tio Dolce acha o termo perfeitamente apropriado a esta jóia e ao seu universo lamecho-sentimental - o de uma mãe-leoa que luta solitariamente para conseguir "make ends meet". Quer até dar-lhe os parabéns por este título tããããão original! 

Pois bem, a Princesa, à imagem do seu protótipo, é igualmente prolixa, "cantando" todos os dias nos "Dias de uma Princesa" - nem que seja, humm, sempre a mesma letra ("Bom dia, domingo", "Bom dia, segunda", "Bom dia, terça")... A diferença é que esta jóia é reincidente: tem, em vez de um, dois rebentos, a querida! Oh-oh, de "Beato" não tem nada (perdão, "beata")! Que maravilha! E isso dá-lhe ethos para publicar um livro, claro! Umas publicam canções, outras publicam livros. Achamos muito bem! O que não achamos bem é que esta amorosa, com os quilos em excesso que recorrentemente se queixa de ter, passe a vida a publicar, tal como a amiga das nove horas (a Princesa tem muuuuuuuuuitas amigas, claro!), fotografias e mais fotografias de comidas e petiscos. A Bichana, que é elegantérrima, com umas pernas que vão daqui até à China, assegura que assim a Princesa não vai lá, mas adiante. Cada querida sabe de si, não é? E o Tio Dolce não quer meter-se em confrontos de gatas assanhadas. Tem muito amor à sua cútis perfeita e resplandecente.

Sempre vossos,
Dolce e Bichana

58 comentários:

  1. a bichana deve ser mesmo elegantérrima, deve. Cá pra mim é um saco de batatas cheia de rugas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pode ser um saco de batatas mas ao menos não anda a tirar fotos ao espelho a mostrar a roupa que compra ou a mostrar que é rica e que não precisa de trabalhar!

      Eliminar
  2. E quano se pensa que já se atingiu o limite, eis que surge outra sempre melhor do que a anterior!
    LOL, LOLADA!!!

    ResponderEliminar
  3. A Catarina Beato é um exemplo para muitas mães. Gosto imenso dela e do blog. E não vejo como é que possa ser comparada a uma cantora pimba.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. porque a Ágata não é um exemplo de mãe, nem todas as cantoras pimbas?

      Eliminar
    2. exemplo em quê??????????? pergunta para queijinho
      1) tem um filho de cada pai e as crianças nunca estão com o pai (será que ela sabe quem é?)
      2) Não faz a ponta de um corno
      3) Vive à conta de um blogue à pala das criancinhas

      Eliminar
    3. É um exemplo porque luta pelo bem-estar dos filhos.
      É um exemplo porque não desiste, apesar de a vida lhe ter sido adversa.
      É um exemplo porque usa as suas próprias capacidades - o jeito da escrita - para sobreviver, ao invés de levar vida de dondoca.

      Isto é tudo o contrário do que tu insinuas soezmente.

      Eliminar
    4. "... em vez de levar vida de dondoca". Quer coisas mais dondoca do que não produzir nada e andar a fazer-se às borlas e a dar nas vistas para ver se lucra alguma coisa. Isso por acaso é lutar?
      Não seria luta maior fazer contracepção e não mandar ao mundo crianças que nem um pai à altura têm?

      Eliminar
  4. Respostas
    1. Fartei-me de rir com o vídeo da Ágata :))))))))))) Ai, o que faz de namorado, minha santa! É de partir o caco!!!!!

      Eliminar
  5. ahahahahahah. Adorei. Também eu abomino a princesa. Ai q a minha princesa é tão linda. È isso e os filhoresm ou os pimpolhos...ou os meus piolhos....ca nojo

    ResponderEliminar
  6. Bem, que doentes que vocês são!!

    ResponderEliminar
  7. Muito bom!
    Este blog faz serviço público a desmacarar as vendedoras de banha da cobra que proliferam pela blogosfera, sendo as duas referidas as mais altas representantes da espécie!
    Obrigada.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Deixa estar que a Mais Doce com a sua rubrica do "São quase iguais" Dá um bigode a todas e ninguém se mete com ela, nem este Bichano que a respeita que se farta.
      Mas como estas são umas pobretanas, toca a malhar nos inválidos.
      Ai pois é que o respeitinho é muito bonito.

      Eliminar
    2. Ai não acho nada!
      Acho até que eles pegam com todos, grandes e pequenos. E esta, para tua informação, é das maiores bloggers da lusolândia, com livro e tudo!!!

      Eliminar
    3. A ver se esta não cai em depressão como a outra... Ja viram o novo layout do Às Nove no Meu Blog? Jasuuuuuuuuz! Aquilo está de luto ;)

      Eliminar
    4. pois por isso mesmo já é respeitada e ninguém lhe toca, e mostra-me lá onde estes Bichanos se meteram com os grandes, que lá porque escreveram uns palermices sem qualificação mas como vem da Diva já é uma escritora.
      Respeitinho, Bichaninhos, respeitinho é muito bonito.

      Eliminar
    5. Como? Não se percebe patavina do que dizes! Esta blogger é a Catarina Beato, que publicou um livro. Logo, é "escritora". Logo, é "grande". E logo, é um exemplo do que tu dizes que o Dolce não faz, que é meter-se com os grandes!!

      Eliminar
    6. o livro dela esta na secção de auto-ajuda

      Eliminar
  8. ahahahahaha, cada vez melhor, viva o Tio Dolce e a Prima Bichana.

    ResponderEliminar
  9. Anónimo das 18:05 (o primeiro)
    É mesmo! Fui ver o Às Nove e aquilo está tão cinzento como o tempo, rsrsrsrsrsrs. Credo, que design pavoroso. Mas daí a estar deprimida, ná! Aquilo é erva ruim, dura que se farta. ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, erva ruim sim, a comer aquelas sementes todas!

      Eliminar
    2. O design é dos We Blog You, que agora estão a pôr TODOS os blogs iguais, ahahahahah! Fundo branco liso, a armar em clean, fotografias em círculos ao lado, uns raminhos vegetais e está feito. Ah, e o maldito do coração no Favicon. E fazem-se pagar por aquele lixo!

      Eliminar
    3. mas no entanto toda a malta os acha criativo
      pimbas, pegaram numa formula e temos uma carrada de blog´s iguais uns aos outros

      Eliminar
    4. A fórmula é COPIADA (uma vez mais, ahahah, eles atraem-se uns aos outros!) dos blogs americanos, como o Bleubird Baby e tantos outros. Mas piorzitos, claro.

      Eliminar
    5. cambada de invejosos!!!

      Eliminar
    6. queridos, anónimos:
      http://25.media.tumblr.com/b25a17ab6a768b3931af924f0225d8c2/tumblr_mkl1d3MaC11rw3kc5o1_400.gif

      Eliminar
    7. ui resposta criativa

      Eliminar
    8. olha um gif animado! A tecnologia põe-me zonzo.

      Eliminar
  10. Ó Princesa, fico aliviado por ver que escapei de boa. Tu bem que não querias que eu usasse uma certa coisa, mas aqui o filho do meu pai não é levado por lorpa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já é lorpa por vocação.

      Eliminar
    2. Por vocação, não. É mesmo por genética. Como o pai. :)

      Eliminar
    3. Lorpa até passa, vingativo é que era escusado.

      Eliminar
    4. Ele é vingativo? Porquê?

      Eliminar
  11. Quê? Essa inrresponsável parideira? É daquelas que tenta galgar na vida à custa dos filhos. Não consigo ter respeito por mulheres que fazem filhos sem pensar que as crianças precisam de um pai.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esta gaja tb me irrita solenemente. É pedante comó raio. Olhem pra mim, fiz dois filhos e estou desempregada.. ai, ai... Mas sou tão boa...oh...oh
      K não os fizesse, porra!

      Eliminar
    2. Mas ela TINHA de os fazer, coitada! São as hormonas! Não sabes que, quando as crianças atingem os dois anos, "Devagarinho a cabeça e o corpo voltam a ter outras funções, encontram espaços no horário para serem outras coisas"??

      GAJOS que lêem isto: CUIDADO! O segundo puto fez agora 2 anos!

      Eliminar
    3. SIM. Ela anda a procura de macho...e engravida com o cheiro ahahahah

      Eliminar
  12. Estou incomodada com tanta maldade. Tanta gente horrenda por aqui. É ir embora para nunca mais voltar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isso, boa viagem. Fazes tanta falta como uma viola num enterro.
      Aproveita o tempo que perdes aqui e vai fazer filhinhos como ela, porque não vais, parva!

      Eliminar
    2. vai pela chuva.....

      Eliminar
  13. Acutilantes Teresa Leandro, Madalena Vidal e Ana Luísa Silva!!!!! A escrita está cada vez melhor!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    Força aí a dar cabo da vida dos outros, forçaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa gajas!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E quem são estas três?

      Eliminar
    2. No idea... Devem ser para aí amigas - ou ex-amigas - da Beato. E ela deve pensar que este blog é delas.

      E às tantas... quem sabe?

      Eliminar
    3. Ai estes newbies dos blogs de sátira! Acham mesmo que este blog é inédito? Já nasceram e morreram tantos do género!. No entanto é imperdoável não conhecer a gota de rantanplam, a Mad e as Crónicas das Horas Perdidas...

      Eliminar
    4. Conheço o Rantanplam (que adoro) e as Horas Perdidas (que me irrita) e não têm NADA que ver com este! Talvez a única semelhança seja estarem bem escritos. E, claro, terem sentido de humor. Mas o género é TOTALMENTE diferente.

      Viva o Dolce! Viva a Bichana! Hip-hip-hip-Urra!!!!!!!

      Eliminar
    5. Quase me vieram as lágrimas ojólhos, pá! Não fosse aquele "gajas", quando tooooooda a gente sabe que se escreve "gaijas", e faltar ali uma vírgula depois do "forçaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa", e era o segundo Dilúvio, palavrinha d'honra!

      Eliminar
    6. Devem ser a Carmem Miranda a Amália e a Teresa Guilherme no formato rasca aqui da tasca.

      Eliminar
    7. Desculpem.
      *aqui do circo.

      Será o tio o palhaço rico e a gata o palhaço pobre? Ou ao contrário?

      Eliminar
    8. Eu ainda sou do tempo em que toda a gente sabia quem são a Teresa Leandro, Madalena Vidal e Ana Luísa Silva.

      Eliminar
    9. Também toda agente sabia quem tu eras. Agora, só uns poucos (mais reles) conhecem o teu Trendwork. É das más companhias, filha.
      Mas não fiques triste. Elas, nós sabemos quem são, o que não sabemos é porque se vieram rebolar no meio deste lixo. Ficam todas sujas e não precisavam disto para nada.

      Eliminar
  14. Ou não me censuraram ou estão distraidos a “farejar”.
    Farejar é uma coisa normal nos cães. Este tipo de animal que fareja o cio das cadelas ou então a urina e as fezes dos outros, para reconhecer e identificar o macho Alfa do território onde se encontra. As Bichanas não farejam, meus queridos.

    O “Tio Dolce, pessoa lida e erudita” podia saber estas coisas. Sobretudo, convivendo com a bichana. Veja lá, não vá a bichana sentir-se desprezada por estas faltas de atenção e o tio andar mais preocupado e atento ao seu hate-blog, do que á pequena de bigodes.
    Ainda vai ter de ir buscar novamente o “pince-nez, pousar a xícara Royal Worcester onde bebia uma tisana aromatizada com jasmim, abrir o reposteiro Osborne & Little” (...) “levantar-se desse Chester de couro capitoné verde escuro, pousar o charuto Cohiba Behike, reduzir o som da sinfonia n.º 3 de Schumann (em mi bemol, "Renana", op. 97)” (....) “dar umas passadas impacientes para o aparador Luís XV de mogno com embutidos em pau-Brasil, onde se serve nervosamente de um refill de Logan” e explicar-lhe o que se passa. Afinal se a gata não fareja, então o tio deve andar de olho nalgum macho Alfa.

    E desculpe a curiosidade, mas você vive onde? Pela discrição tem de ser um museu.
    A imagem que transmite da discrição, é de uma sala com cortinas (de certeza que serão estores) totalmente cerradas a impedir a entrada de luz. Uma nuvem de fumo de charutos mais baratos que um marlboro cria um ambiente mal cheiroso e ofuscado que tolda o raciocinio a qualquer pessoa normal. Uma alcatifa descolorada e cheia de buracos de cinza e nódoas do wiskye rasca. E nesta escuridão, um velho carunchoso vestido de Carmen Miranda, enfrenta o desejo de ser o que nunca será, mascarado de uma personagem dolce (far niente) incapaz de se soltar da imagem idealizada e grotesca, que construiu e que acredita que se falar ou gritar mal dos outros, talvez não reparem em sí.
    O dolce já nos fez saber que gosta de “imitar a Carmen Miranda e a Amália nas festas privadas”. Pois coloque uma foto sua a divertir-se e dê razão ao slogan “ brinquemos todos, saudavelmente, que o riso dá longevidade, seus queridos!”. Ou melhor não o faça, porque a imaginação como comprova este seu pardieiro é a melhor forma de olharmos para sí.
    Os hate blogs sempre existiram e sempre existirão enquanto a maldicência for um dos desportos preferidos dos Portugueses.

    “Não é preciso ir ao psicólogo para saber que, quando alguém denigre o outro, é porque ele mesmo não pode crescer e precisa humilhar o outro para se sentir alguém” Papa Francisco.

    ResponderEliminar
  15. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar

Convidamos os nossos estimados leitores a exprimirem livremente as suas opiniões, nos limites porém da elegância e do decoro. Lembrem-se de que o insulto vil e raso está ao alcance de todos, mas a crítica espirituosa é prerrogativa apenas dos mais dotados de células cinzentas.

Reservamos também - e sobretudo - aos visados nestes 'posts' humorísticos (ou respetivas "personas" virtuais, pois que apenas essas são aqui objeto de sátira) o direito de resposta. Venham daí contra-farpas, que bem merecemos.

E brinquemos todos, saudavelmente, pois o riso dá longevidade, seus queridos!

Sempre vossos,
Dolce e Bichana