16 de outubro de 2013

O QUERIDO DOS COLARES

Ao vermos as fotografias que hoje aqui reproduzimos, retiradas do blog encantador do Luisinho, não podemos deixar de pensar na canção inesquecível do António Variações:
Quando a cabeça não tem juízo
Quando te esforças mais do que é preciso
O corpo é que paga
O corpo é que paga
Ora digam-nos lá se esta cabeça não tem moooooooontes de juízo:


Que outfit mais giro! Oh, os black-and-white shoes, os óculos bicolores, o colar, os shorts, as pernas depiladas, o saco ao ombro... Seu amoroso, você é o máximo! Como diz? Fez um photo-shoot para o seu look-book? Com o "Pachêco Photography"? Que belíssima ideia! Yeaaah, Pachêco rules!


Olhe, a-do-ra-mos o look ultra-clean dos jeans + camisa branca; morremos pelo Hermès de imitação que o maroto roubou à sua mãe; e, sobretudo, estamos a babar-nos com esse mega-colar H&M! E a pose? Tanta naturalidade, tanta displicência, a mãozinha no rosto, o pezinho apoiado, esse beicinho tão fofo! Oh, esperem lá, que o Pachêco continua ali a disparar... Vejam, agora o rico pôs uma singlette e trocou de colar:


Bem, o Tio Dolce está aqui com falta de ar, pois não resiste a um jovem belo e sensível a espreitar por entre a vegetação. Diz que lhe recorda o Herman a fazer de David Attenborough! Ó Tio Dolce, onde isso já vai! Atualize-se! Veja antes esta obra-prima que a seguir aparece e diga se esta jóia tem ou não futuro:


Estamos extáticos com os quilos de fungos da parede lá atrás, com os vasos de ervas daninhas (Patsy dixit) cá à frente, a camisa cor-de-fogo mega-sexy, as calças justérrimas, o cigarro-à-homem e, claro, o colar de golas! Ah, e com o sorriso e o corte curto, que lhe ficam a matar (a sério) - vá por aí que vai bem!

Querido Luisinho, o menino é um doce, tão criativo, com tanto potencial para uma carreira de clothes designer de sucesso, digna de um primeiro lugar no "Project Runway", mas temos um conselho a dar-lhe: quando for aos estúdios onde os programas são filmados, afaste-se do Michael Kors senão "o corpo é que paga". Diz-lhe o Tio Dolce, que sabe dessas coisas.

Sempre vossos,
Dolce e Bichana

105 comentários:

  1. É espantoso! Impressionante! Que deleite, o Luizinho.
    José C. Branco; rói-te pá! Foste arrasado pelo Docinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este pelo menos não anda de mini-saia nem de salto alto kkkkkkkkkkkk

      Eliminar
    2. Mas tem os colares mais sedutores. Incha!!!

      Eliminar
    3. e se andasse? digam-me em que forma é que isso afectaria a vossa vida?

      Eliminar
  2. OOOHHH!!! Que GATO! A.D.O.R.E.I.!!!
    http://www.youtube.com/watch?v=8jVXzONb03s

    ResponderEliminar
  3. Ahahahahahahahahahahahhahahahahahhhahahahahah! O rapaz tem potencial, mas o fotógrafo então...
    Tios, este foi um achado.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E que achado! Depois disto, o nível deste bolg é sempre a descer.

      Eliminar
  4. Imaginem o desgosto para os pais...

    Nosso Senhor nos defenda!!!!!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os únicos pais que vão ter um desgosto pelo filho são os teus. Terem criado um filho homofóbico e sem respeito pelos outros.

      Eliminar
  5. Eu nem quero pensar no mulherio que já se suicidou por ele.
    Querido LULUZINHO, meu DOCE, Faz-me um filho!...Uma dúzia de filhos, Riqueza.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. haha alguem te disse não muitas vezes na vida XD

      Eliminar
  6. Eu respeito a inclinação sexual de todos, mas bichas... não consigo suportar. Apetece-me esperar-lhes um ferro em brasa pelo rabo acima.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estou chocada com este comentário. É de uma homofobia grosseira, intolerável, inconcebível - ainda mais nos dias de hoje! Não percebo como é que, de entre dezenas e dezenas de comentários anónimos (alguns neutros e inofensivos) que aqui aparecem, a autora desta monstruosidade mostra a "cara" virtual que tem. Devia ter VERGONHA!

      Eliminar
    2. Assinar "Vespinha" é o mesmo que assinar "Anónima"! É tão cobarde como todos os outros.

      Eliminar
    3. "vespinha", k tal espetares um ferro em brasa pelo TEU rabo acima? Ãh, sua estúpida?

      Eliminar
    4. Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

      Eliminar
    5. Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

      Eliminar
    6. Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

      Eliminar
    7. CONCORDO COM A VESPINHA. Que nojo de "coisa", que nem homem se pode chamar. Que gostem de homens é lá com eles, agora que tenha que levar c estas bichices....guardem esta mau gosto para casa. Dasssssss

      Eliminar
    8. Pois eu APOIO inteiramente a Cláudia Simões. É das poucas vozes decentes e bem-formadas que passam por esta espelunca.

      Eliminar
    9. Ah, agora a maneira de vestir (boa ou má) de uma pessoa dá direito a ser empalado? De que país são a Vespinha, a Maria e esse anónimo? E, mais importante, são acompanhados por algum psiquiatra? É que já ouvi falar de psicopatas menos doentios.

      Eliminar
    10. Atirem as pedras que quiserem: tenho amigos homossexuais, tenho familiares homossexuais, mas felizmente não tenho seres destes no meu círculo. Seres que se fazem valer da sua homossexualidade para darem nas vistas e darem ares de superioridade. Esses, repito, não suporto.

      É que, caso não tenham reparado, aqui não se trata apenas de uma maneira de vestir, mas de uma atitude que infelizmente alastra cada vez mais. Uma atitude arrogante e assumidamente provocatória.

      Serei estúpida? Psicopata? Talvez sim. Ou talvez não. Apenas tenho a minha opinião. Como todos os outros que por aqui passam.

      Eliminar
    11. Vespinha, ouça, não suportar ou achar "ridículo" ou enervar-se é uma coisa - eu própria acho certas coisas um abuso e uma simples forma de chamar a atenção de quem os rodeia, provocando - mas estamos a falar de um miúdo. Não acha que sugerir empalá-lo não é uma forma de delírio? Se tivesse dito o que disse agora, eu teria concordado, que muitos fazem as coisas para se exibir e dar nas vistas - um pouco porque a sociedade ainda os aceita totalmente e querem fazer-se "ouvir" e "ver", acaba por ser um ciclo - agora com toda essa violência desnecessária, perdeu-se toda a racionalidade da sua opinião. Sei que o que disse não era literal, mas a forma violenta como se expressou não é uma opinião, é sugerir que o "crime" do miúdo ser espalhafatoso mereceria tortura.

      Eliminar
    12. Podem ficar todos tranquilos que eu não mato nem uma mosca... só as melgas. :)

      Eliminar
    13. Mas comenta com leviandade. Como se fosse um joguinho de parvoíce..."era um ferro em brasa pelo rabo acima...hahaha tão engraçada que sou, não sou? Mas não faço mal a uma mosca, que pensam? Até tenho amigos e familiares homossexuais, não tenho nada contra, só estou a comentar assim para ter piada, porque sugerir torturar as pessoas é o supra-sumo do humor!"

      Mas a si até percebo, tentou ser engraçada e chocar (embora tenha falhado na primeira parte); é com a Maria que reside o meu verdadeiro busílis, porque ela sim me parece ter um SÉRIO problema.

      Eliminar
    14. Mas o que é este blogue se não um blogue sobre a leviandade humana, a começar pelas personagens retratadas? Ou pensariam que seria aqui que viria falar sobre orientações sexuais? Para isso há outros fóruns.

      Eliminar
    15. Eu vejo este blog como um local para descontrair, ver o lado cómico de alguns dos bloggers retratados, pensarmos também nas nossas próprias figuras às vezes, não para sugerir actos de violência. Mas se quer ficar na mó de cima pelo seu inteligente comentário, fique. Eu cá acho que comentários desses deveriam ser apagados do blog, pois não acrescentam nada. Mas tal não me cabe a mim decidir.

      Eliminar
    16. Por mim podem apagá-lo à vontade: o meu e talvez mais uma metade de todos os que aparecem diariamente.

      Eliminar
    17. OBRIGADO AMIGOS ESTOU A ADORAR ;) quero que se fodam todos com a vossa opinião de merda, sou como sou e visto-me assim porque gosto só isto

      Eliminar
    18. Carissimo Luís,
      Grazie per la vostra visita e risposta.
      Facciamo un'eccezione e permettiamo che la vostra risposta ci registre come ha stato scritta, nonostante la profanità. Dopo tutto, nel vostro caso ci sia una giustificazione emotiva. Molti commenti sono stati davvero eccessivi.
      Saluti,
      Architetto Dolce Filiberto di Savoya, PhD

      Eliminar
    19. Oh Vespa, a tua lógica é genial. Sempre adorei pessoas como tu. "Eu? Racista? Não, sou nada! Até tenho amigos pretos!!! E homofóbico? Que mentira! Até tenho amigos gays!". Tens muita coisa, tu. Incluindo três chamadas perdidas da Senhora Dona Noção.

      Eliminar
    20. Este blog é tao delicioso, delicioso o suficiente para fazer passar de novo a comida por onde entrou mas com outro destino. E doce que chegue para atrair todas as pragas de vermes com a mania que a sua opinião tem algum valor. Relembro só que o "Luisinho" é um dos muitos cujo "look" criou aquilo que vocês hoje vestem.

      Eliminar
    21. vespinha -> https://www.facebook.com/carolinamariabarbosa

      Eliminar
    22. eish, e até já aqui anda a minha página de facebook? lol. vocês são os maiores deuses; perder tempo à minha procura no facebook para... rigorosamente nada. por favor nunca deixem de ser acéfalos.

      Eliminar
  7. Bem eu não me importava se o meu filho fosse gay,agora de sair assim de casa estava totalmente proibido!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É mesmo isto que eu penso. Não me sinto menos tolerante por pensar assim. Acho que deve ser desesperante para pai e mãe que amam o seu filho vê-lo nessa figura. Homossexualidade é uma coisa, isto é outra muito diferente.

      Eliminar
    2. E o respeito pela diferença é outra coisa ainda mais diferente. E são estas as pessoas que depois se dizem livres de preconceitos.

      Eliminar
    3. Se fosse há uns anos atrás seria visível uma situação parecida, mas não era com a roupa, era com a cor da pele

      Eliminar
  8. A Vespinha tem a razão toda e eu como mãe se tivesse a infelicidade de ter um filho assim Betino Enconadino até lhe misturava veneno na sopa, só pela vergonha que me fazia passar.
    Se todos os pais e mães se impusessem estas poucas vergonhas não aconteciam, mas não se pode contrariar o menino porque depois fica traumatizado, coitadinho.
    Devia ser comigo que eu lhe dava o Enconadino. Ai não que não dava.
    Essas modernices de enconadino se a Claudia gosta delas pois que namore e case com um já que acha bem nos filhos dos outros pode arranjar um marido desses. Você é que devia ter VERGONHA. Ouviu bem? VERGONHA!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu não tenho vergonha de ser a favor da tolerância.
      Eu não tenho vergonha de apoiar o direito à diferença.
      Eu não tenho vergonha de ser solidária.

      Já você (ou a Vespinha - que devem ser a mesma pessoa) devia ter vergonha de começar sequer a escrever as alarvidades que vomita. À primeira letra devia ir lavar a boca com lixívia.

      Eliminar
    2. È uma maneira de dourar a pílula, não é. TOLERANTE Claudia.
      Se és tolerante com a pouca vergonha dos outros é porque deves ser mesmo fresquinha, deves.
      Deixem-me fazer poucas vergonhas porque eu também sou muuuuuiiiiittttttooooo tolerante. Conheço muitas como tu, olá se conheço. Santinhas que não partem um pratinho e por fora estilhaçam a loiça toda. À pois é.

      Eliminar
    3. Tanta vacuidade junta, céus, Até me fazem rir.

      Já o preconceito, como está bem patente acima, não me dá vontade nenhuma de rir. Dá-me até medo.

      Preconceituosos, nazis, extrema direita - vade retro!

      Eliminar
    4. Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

      Eliminar
    5. Come sapete, tutte le profanità sarà eliminato automaticamente. Non possiamo tollerare parolacce in questo spazio.

      Eliminar
    6. Cara Maria, não acredito que acabei de ler que alguém MATAVA os seus filhos se fossem homossexuais. Veneno deviam por eles na SUA sopa, por ser essa criatura desprezível! Se tivesse um filho com Trissomia 21 enfiava-o num saco e afogava-o como um gato, não? Deve ser mesmo uma pessoa de bem!

      Apanhou por acaso alguma máquina do tempo desde a época mediaval, ou o marido trocou-a por um gajo e ficou ressabiada? É que esse odiozinho é bem pessoal...

      VERGONHA devia ter a Maria, de dizer tamanhos disparates e ainda se achar com razão, e uma "senhora de bem". Ponha um cartaz ao pescoço com essas suas filosofias e vá circular nas ruas de Lisboa, se acha que está tão certa. "Eu matava os meus filhos se fossem gays". Vá, experimente, não seja cobardolas... Depois não venha é chorar se lhe escarrarem - daquele escarro bem verde - em cima. Ou pior.

      Modernismo? Além de preconceituosa e doentia ainda é ignorante! A homossexualidade existe em 500 espécies de animais, e já existe na humanidade há séculos! Aproveite a máquina do tempo que usou para cá vir destilar veneno e viaje para a Grécia Antiga, onde isso era considerado algo natural, antes da igreja e dos falsos moralismos terem imposto certas coisas como anti-naturais. Pode ser que lhe cure a estupidez. Ou não. Pelo meu parecer parece algo crónico.

      E acusar a Cláudia de ser uma devassa só porque não defende matar homossexuais é uma ideia sublime. Tirou isso das 50 sombras de Grey, sua dona de casa desesperada? Ou andou na escola com o Hitler, sua marota?

      O rapaz pode ter falta de estilo e bom senso ao vestir, mas a vocês falta-vos HUMANIDADE, que é infinitamente pior.

      Pessoas como vocês dão-me nojo. Daquele bem profundo.

      Eliminar
    7. Por acaso não sou a Maria, pois assino sempre da mesma maneira e não preciso de ter duas caras para defender as minhas opiniões. Acha-se muito tolerante, a Cláudia? Estranho então, chamar-me nazi sem sequer me conhecer.

      Eliminar
    8. Oh vespinha não ligues...

      Eliminar
    9. Não sabia que os nazis também metiam os homossexuais nos campos de concentração? Ai não? Que grande ignorância a sua. Não eram só os judeus e os ciganos, não. Portanto, a Cláudia tem todo o direito de lhe chamar nazi - pois o que você defendeu FOI uma posição nazi.

      Eliminar
    10. Acho que não vale a pena voltar a explicar que o que disse não era contra os homossexuais. Ignorante é quem não consegue perceber uma metáfora. E quanto aos nazis... em percebo porque foram para aqui chamados

      Eliminar
    11. Eu é que teria vergonha de ter uma mãe como a maria.
      Deve ser mesmo uma pessoa frustrada e sem amor recebido só pode.

      Eliminar
  9. Deus selja Louvado e Santificado! A Minha Cláudia voltou
    Abençoada Cláudia, AMO-TE! Morro de amor por ti e de joelhos, não estás a ver mas juro que é verdade, Peço-te para casares comigo porque tu e as tuas ...exuberâncias estão a dar comigo em doido.
    Beijinhos .

    ResponderEliminar
  10. A imitar um blogger muito conhecido (Brian Boy).
    Mas mais para o parolo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É isso mesmo!!!
      Só que o Brian Boy está a anos-luz de evolução deste e a anos-luz de dinheiro também. É só marcas top.
      Olha só ele de saia rachada: http://www.bryanboy.com/bryanboy_le_superstar_fab/2013/09/acne-studios-coat.html
      É um máximo!

      Eliminar
  11. Respostas
    1. não olhes para o espelho então

      Eliminar
  12. Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A Cláudia é um caso típico da devassa moderna, muito aberta às novas tendências da paneleiragem e devassidão para ela própria poder participar sem ser criticada. A gente conhece bem a classe de gentinha podre como tu.
      Quem for decente é atrasado mental, ignorante sem evolução, preconceituoso, extrema direita, homofóbico e nazi, não é ó muiiiiiito evoluida Claudinha, rica.

      Eliminar
    2. Tão bom, uiiiiii, é tão docinha a letra "L".
      E se for misturada com betinos enconadinhos é o delírio e a loucura, não é, docinha cláudia.

      Eliminar
    3. De sonsa é que ela não tem nada, tem mais é aparência de pervertida.

      Eliminar
    4. Decente? Ah, claro, porque condenar homossexuais é ser muito decente. E humano. O supra-sumo da humanidade. Ao menos admitam que são preconceituosos.

      Eliminar
    5. Se já tiver um filho, ou se o tiver um dia, responda, mas pense dois minutos primeiro.
      O que sentiria, de que se orgulharia ve-lo nos preparos do Betinho que dá tema a este post.?
      E se para complementar o apogeu, ele fosse bicha assumido?
      Continuaria a não ser preconceituosa?

      Eliminar
    6. Ainda continuando.
      E se o seu filho, apaixonado pelo matulão entoucinhado do bigodaças motard, lhe entrasse pela casa dentro e lhe apresentasse a noivo, como o amor da vida dele.
      Continuaria a não ser preconceituosa?

      Eliminar
    7. E se ele acabasse por se casar com ele, e visse o seu filho como a mulher fiel e prendada, na cozinha a preparar o jantar para o maridão, isto depois de ter aspirado a casa, passado a roupa do maridão a ferro, tratado do peixinho dele, composto as cortinas e ter, com desvelo e amor, limpado a urina que o maridão espalhou pela sanita e casa de banho, e, ao chegar o maridão ao ninho, recebê-lo feliz com um beijo de boca aberta.
      Continuaria a não ser preconceituosa?

      Eliminar
    8. Não me faz qualquer problema e respondo com TODA a honestidade. Não percebo porque pensa que mudaria de opinião. Parece-me óbvio que para quem tem o preconceito tudo pareça um bicho de 7 cabeças, mas para quem não tem, é tão natural como uma relação entre um homem e uma mulher.

      Eliminar
    9. Muito bem! Eu quero aplaudir!!!

      Eliminar
    10. zorro, o clarificador.18 de outubro de 2013 às 10:42

      Eu acho que não é assim tão natural como a Fernanda preconiza. Pelo menos no sexo anal que a mulher normalmente faz com relutância e para a paneleiragem é o único. Vá, o oral também, mas também não é o que verdadeiramente realiza um casal.
      Casal...homem/mulher, claro; que na paneleiragem chama-se parelha, como é evidente.

      Eliminar
    11. Eu aplaudo a Fernanda, que para além de ter uma escrita escorreita e um estilo irrepreensível, nunca descendo ao nível de certos comentários aqui, é uma voz sensata, informada e humana. E aplaudo também a Cláudia. Venham mais vozes como as vossas, unidas contra a homofobia e o ódio. Obrigado

      Eliminar
    12. Zorro,
      Como é que você sabe "o que realiza verdadeiramente um casal"? Por acaso já foi, ou é, gay? Então não se meta a falar do que não sabe.

      Eliminar
    13. Por que não saberia? Você com certeza conhece e fala da demanda ao Santo Graal e nunca foi Cruzado, e não é por isso que o mandam calar. Penso

      Eliminar
    14. Zorro,
      Uma coisa é eu falar sobre eventos históricos ou mitológicos - outra é arrogar-me a autoridade para falar sobre os hábitos sexuais dos Cruzados, ahahahahahah! Debaixo dos mantos era lá com eles! Que posso eu saber se gostavam mais de apanhar no c* ou na goela? :)))) Haja paz sobre a Terra e deixem os outros viver.

      Eliminar
    15. Zorro,
      eu peço desculpa, mas tenho de perguntar: é virgem? Ou antes, passa a vida a fazer "missionário"? É que pelo discurso, parece-me que pouco sabe do que um casal "verdadeiramente faz". Até parece aquelas velhinhas da aldeia que dizem "ah, não, sexo oral é para as prostitutas, nunca fiz isso, que horror!". E mais, não se pode generalizar. A sexualidade tem tantas nuances e tantas particularidades em cada um...ninguém se pode achar autoridade nisso e dizer o que é ou não é natural.

      Eliminar
    16. Pois está enganada, cara Fernanda. Se alguém já viveu, até de mais, um serei eu seguramente.
      Limito-me simplesmente ao meu direito à não concordância com as evolutivas tendências de tergiversações sexuais, apenas.

      Eliminar
    17. Por outro lado; se alguém falou em naturalidade foi a Fernanda; recorda-se?
      Eu limitei-me a opinar sobre prováveis dúvidas à certeza da sua objectividade, e para isso esgrimi os meus argumentos.
      Não servem? Está no seu direito.
      PS: não sou o anónimo que lhe colocou aquelas questões em cima. Simplemente vi e, entrei numa de metediço.

      Eliminar
    18. E tem todo o direito de dar a sua opinião. Mais uma vez recordo que até em animais se vê o tipo de relação sexual de que tanto apelida de "anti-natural". Pode não achar piada a este tipo de tendências, e não lhe assentarem, tudo bem, mas os seus argumentos de facto não me convenceram.

      Sim, eu entendi isso, que passou e deixou a sua opinião. Que respeito por ter sido educada e não do carácter doentio que tenho visto por aqui.

      Eliminar
    19. Cara Fernanda.
      Peço muita desculpa, mas sou obrigado a refutar. Nem por uma vez, a senhora leu nas minhas palavras o "anti-natural." Que eu pense, bem...
      Não concordo, repudio veementemente, acho que a evolução foi uma coisa muito boa mas que deveria já ter parado há muito; mas aceito perfeitamente que outros possam discordar de mim, não obstando porém, que eu me sinta no legítimo direito de discordar de todos.
      Para aceitar, ou só mesmo hipoteticamente conjecturar uma probabilidade explicativa, teria de mudar toda a estrutura da minha inteligência, coisa que tem tanto de impossível como de má vontade de minha parte.
      Quanto aos animais, ponho sérias reservas a que seja mesmo assim, que seja a homossexualidade a ditar-lhes esse procedimento e inclino-me mais para treino de sobrevivência, igual às lutas simuladas enquanto crias pequenas. Não vão a escolas como nós e a única que conhecem é aquela que o comportamento dos pais lhes ensina. Os progenitores fazem e mostram-lhes, e eles treinam e aprendem, apenas.
      Não há, e digo-lhe isto com conhecimentos reais; orgulho, vaidade, maldade, fingimento nem perversão na Obra perfeita da Natureza. Esses predicados só a nós pertencem, a obra mais que perfeita da Natureza.

      Eliminar
    20. Zorro,
      temos maneiras diferentes de ver as coisas. Se não é verdade, desculpe-me, mas vejo aí uns laivos de criacionismo. Se não os tem, pelo menos parece-me ter uma concepção vincada da natureza e de como as coisas deveriam ser. Como o próprio disse acha que a "evolução podia ter parado há muito", ora eu até posso concordar em certos aspectos, como a clonagem humana e outros assuntos que tais, mas na generalidade dos aspectos penso que evoluir, desde que se respeite o planeta, a vida e a liberdade das pessoas, é algo positivo. Pense bem em tudo o que o ser humano atingiu ao evoluir. Nas conquistas soberbas que fizemos. Tanto física como emotiva e mentalmente. Com a evolução não vêm só coisas positivas, está certo...mas há tanta coisa boa e extraordinária que esta trouxe, que não consigo ser reaccionária.

      Por termos pontos de vista tão díspares, caro Zorro, e por nenhum dos dois provavelmente vir alguma vez a mudar, concordemos em discordar. É normal que se pense de maneiras diferentes e, desde que se argumente com nível e humildade, não virá o mal ao mundo. Penso que foi o que aconteceu aqui.

      Eliminar
    21. acho que nunca me senti tão envergonhada por partilhar o planeta com "pessoas" como estas que escrevem aqui acima. como é que vocês conseguem acordar todos os dias a saber que são "pessoas" podres? que valores é que vocês transmitem aos vossos filhos? onde é que ficou o respeito, a solidariedade? é suposto as mulheres ficarem em casa a cozinhar, de burka vestida e boca fechada, para que não sejam "devassas"? é suposto as mulheres andarem com um saco na cabeça para esconderem a sua "aparência de pervertida"? vocês são podres. podres. espero sinceramente que nunca estejam numa situação crítica, em que as únicas pessoas que vos possam ajudar sejam estes "paneleiros" e estas "devassas", este "nojo de gente". podres, é o que vocês são.

      Eliminar
  13. Adorei os "quilos de fungos" ahahahahahahahahahah!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. o teu dentista também deve adorar se aceita limpar-te esses dentes

      Eliminar
  14. Respostas
    1. Vómito és tu, seu animal primitivo

      Eliminar
    2. é sim é Vómito....se o meu filho não quiser comer a sopa mostro-lhe a foto deste ser. Se não comeres a sopa ficas assim...

      Eliminar
    3. E se o meu não comer a sopa mostro-lhe a TUA foto. Se não comeres ficas como este monstro aqui, a destilar diarreia pela boca...

      Eliminar
    4. a única razão pela qual o teu filho não querer comer a sopa, é por ter de viver contigo. Parabéns em criares uma criança reprimida.

      Eliminar
  15. Este tal Luís é simplesmente um miúdo!!! Será que alguém aqui já parou para pensar que podem fazer-lhe realmente mal com estes comentários maldosos??

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Coitadinho do betinho. Querem lá ver que o queridinho agora vai ficar traumatizado?
      Se ficar tem bom remédio. Vai chorar um mesito para o colinho da mamã e depois passa-lhe e volta à parvalheira de betinho enconadinho.

      Eliminar
    2. Já a TUA parvalheira não é permeável a traumas. Permanece constante "no matter what"... :)))))))

      Eliminar
    3. E tu és outro da mesma equipa dos Betinhos, claro. Uiiiiiiiiiiiiiiiii tanta mosca a incomodar-me.
      Trata-te, bestiole.

      Eliminar
    4. por acaso mal não estão a fazer, estão apenas a dar-me importância porque nem quero saber das vossas opiniões

      Eliminar
    5. ao anónimo das 02:13,

      ganha vergonha na cara. há miúdos que se magoam, que se suicidam, por causa de comentários ignorantes e vazios como os que se fazem por aqui. tu não tens qualquer direito de agredir nem fisicamente nem verbalmente um miúdo de 18 anos só porque ele não preenche os teus requisitos de "bom".

      eu só espero que nunca tenhas filhos, não fá a idiotice passar-lhe para os genes.

      Eliminar
  16. E no post de 9 de Setembro "Look of the day + Lookbook account " adorei ver a unhaca cagada!!

    ResponderEliminar
  17. Mas este puto não tem pais que lhe dêem com um pano encharcado nas trombas?!?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E já te ocorreu que os pais dele podem gostar do filho que têm, por ele ser um bom filho, um bom aluno e um jovem com uma vocação profissional definida? Credo, que gente tacanha e BUUUUUUUUURRA!

      Eliminar
    2. Um rabeta mal definito? Tá bem, tá!

      Eliminar
    3. este puto não fez mal a ninguém para levar "um pano encharcado nas trombas" e eu acho que este puto tem pais que não o querem formatar nem obrigar a ser uma coisa que ele não é.

      Eliminar
  18. Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

    ResponderEliminar
  19. Gente, nunca vi algo tão estúpido em toda a minha vida. É por pessoas com pensamentos destes qe o mundo não evolui. Deixem de se importar com os outros, olhem antes pela vossa vida. Só estão a perder tempo !
    É por pensamentos destes qe Portugal tem um povo tão fechado, acanhado e agressivo.
    Respeitar o jeito de cada ser humano viver é o mínimo qe todos deveriam fazer. Respeitar as diferenças de cada um e viver em paz/harmonia é o qe faria do mundo um lugar melhor pra viver.
    *Homofobia tem cura: a educação e criminalização.*

    ResponderEliminar
  20. enfim,cambada de otarios. Deus é grande,não se esquecam..um dia podem estar a rir-se de vocês ;)
    pode fazer estas figuras mas cada um é como é,e se vos incomoda problema o vosso. secalhar vocês tambem incomodam muita gente.
    Eu não concordo com a forma de vestir deste rapaz, mas seria incapaz de fazer uma barbaridade destas. Gente imatura,estúpida e sem escrupulos.

    ResponderEliminar
  21. Eu nunca vi tanta MERDA junta meu deus. E sim estou a falar de quem fez este post e de quem crítica o luís.
    Mas eu adorava que comentassem sem ser anônimo iam ter que levar cmg.
    Nos somos todos iguais e temos todos o direito do respeito da humanidade seus ignorantes devia de vos colocarem um pau no cu para sentirem a dor que o luís poderá estar a passar ou outras pessoas como o luís.
    Seus OTARIOS vocês envergonhado cada vez mais o país.
    Tira uma foto tua e pública aqui e crítica te a ti mesmo... De certeza que o trabalho te ia correr melhor...
    Mas diz se que a vinganca serve se num prato frio não espere pela demora...
    Só fica aqui a dica, nos podíamos ser amarelos, vermelhos ou azuis que por dentro somos todos iguais, embora uns com mais MERDA na cabeça do que outros.


    Ps: não tenho medo em publicar está sms com o meu nome

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho indecente este blog aceitar comentários com palavrões. Já a senhora do Interessante nos dois, devia de aprender a escrever com nexo e sem erros ortográficos. É sempre feio e ainda mais para quem tem um blog.
      Já agora, acho esta mania dos blogs uma perfeita estupidez.As pessoas têm uma necessidade doentia de se mostrarem, de mostrarem o que vestem (algumas são bem foleiras). Deviam de se preocupar mais com a família, mais com o que os rodeia em vez de se exporem publicamente. Ridículo.
      IM

      Eliminar
    2. Merda é palavrão?! Então o quê que você faz quando vai a casa de banho é caca?!
      Quem disse que nós bloguers não nos preocupamo nos com a nossa família?!
      E obrigada pelas críticas construtivas é assim que crescemos, aprendemos e melhora-mos os nossos erros...
      Thanks IM :p

      Eliminar
  22. Acho uma total vergonha o que se está a passar neste blog, durante anos e anos houve sempre guerras e destruição, milhares de vidas foram roubadas por causa de mentes como algumas que aqui se encontram, devido ao preconceito e a descriminação. Filhos, pais, avós, e muitos mais morreram no passado, e em pleno século XXI e depois de ter mos ouvido a história dos nossos antepassados continuam a querer travar uma guerra? Descriminando pessoas com cor diferente, religião diferente, cultura diferente e neste caso orientação sexual diferente? Ganhem vergonha na cara, pois nem deviam estar a cuspir para o ar pois um dia pode cair na vossa família, e não somos ninguém para apontar o dedo a quem quer que seja, pois somos seres humanos, não máquinas todas iguais! A diversidade sempre existiu e sempre irá existir e ninguém pode mudar isso!!! Cada um de nós é constituído por um coração e um cérebro, por isso cada um de nós é livre para fazer as suas próprias escolhas! O que vocês estão aqui a fazer devia ser considerado um crime, estão a tratar mal uma pessoa, estão a insulta-la sem pensar nos seus sentimentos, já pensaram que o podem estar a afetar? Eu digo vos muito sinceramente e do fundo do meu coração, eu teria vergonha de ter uns pais, irmãos ou até outro familiar como vocês, estão a odiar uma pessoa pelo seu exterior sem conhecer o seu interior! Sou uma rapariga de 17 anos, e sei que tenho muito a aprender mas de uma coisa eu tenho a certeza jamais serei uma pessoa horrível como aqui estão a ser, façam alguma coisa da vida em vez de passarem o vosso tempo aqui a criticar os outros... Deus pode demorar mas não dorme perante tanta maldade, mais cedo ou mais tarde...

    ResponderEliminar

Convidamos os nossos estimados leitores a exprimirem livremente as suas opiniões, nos limites porém da elegância e do decoro. Lembrem-se de que o insulto vil e raso está ao alcance de todos, mas a crítica espirituosa é prerrogativa apenas dos mais dotados de células cinzentas.

Reservamos também - e sobretudo - aos visados nestes 'posts' humorísticos (ou respetivas "personas" virtuais, pois que apenas essas são aqui objeto de sátira) o direito de resposta. Venham daí contra-farpas, que bem merecemos.

E brinquemos todos, saudavelmente, pois o riso dá longevidade, seus queridos!

Sempre vossos,
Dolce e Bichana